Reciclagem transforma garrafas plásticas em baunilha. Como assim? Isso mesmo!

Reciclagem transforma garrafas plásticas em baunilha. Como assim? Isso mesmo!

O plástico é um dos materiais que mais polui os ecossistemas. Pensar em soluções inteligentes para limpar o lixo plástico de nossas vidas é fundamental para a segurança ambiental.

Tendo isso em vista, cientistas converteram garrafas plásticas em aroma de baunilha. A “alquimia” foi possível graças a bactérias geneticamente modificadas, que, pela primeira vez, fizeram um produto químico valioso originar-se de resíduos de plástico.

Os plásticos perdem cerca de 95% de seu valor como material após um único uso. É insustentável para o planeta a produção desenfreada desse material. Por isso, é preciso investir em uma melhor coleta e no uso de tais resíduos para enfrentar o problema global da poluição do plástico.

Química verde

Segundo o jornal inglês The Guardian, os pesquisadores desenvolveram enzimas mutantes para quebrar o polímero tereftalato de polietileno usado em garrafas plásticas para convertê-lo em vanilina.

A vanilina é o principal componente do extrato da semente de baunilha, muito utilizada na indústria de alimentos e cosméticos, mas cerca de 85% do produto é sintetizado a partir de químicos derivados de combustíveis fósseis.

O cientista Stephen Wallace, da Universidade de Edimburgo, que faz parte da equipe de pesquisadores, comentou sobre a importância do estudo:

“Nosso trabalho desafia a percepção de que o plástico é um resíduo problemático e, em vez disso, demonstra seu uso como um novo recurso de carbono a partir do qual produtos de alto valor podem ser feitos”.

Trata-se do uso microbiano para criar soluções sustentáveis, do ponto de vista social, ambiental e econômico. A pesquisadora Ellis Crawford, da Royal Society of Chemistry, chama o fenômeno de uma “bela demonstração de química verde”.

As garrafas são o segundo tipo de material plástico mais comum nos oceanos, depois das sacolas do mesmo material. A ciência e a consciência são alguns meios para combater esses poluentes da vida planetária, mas o ideal mesmo seria reduzir drasticamente a produção de plástico descartável e eliminar o uso do plástico o tanto quanto possível.

Essa pesquisa foi publicada no Journal Green Chemistry.

Talvez te interesse ler também:

Apenas 9% do plástico no mundo é reciclado! 91% vai ficar aí por + 400 anos

O plano de reciclagem da Noruega que pode salvar o planeta do lixo plástico

Reciclagem não é a solução para o problema do plástico em nosso planeta!

20 empresas produzem mais de 50% de todo o plástico descartável do planeta

Microplástico por todo lugar, inclusive nas fezes humanas

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *