China, um dos países que mais produz plástico, proíbe sacolas e canudos nas cidades

A China decidiu eliminar gradualmente o plástico descartável, começando com as sacolas plásticas, que serão proibidas nas principais cidades do país, até o final deste ano.

A Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma da China (NDRC) declarou que a produção e o uso de um grande número de plásticos descartáveis ​​serão eliminados em todo o país entre agora e 2025.

Reduzindo a produção, a venda e o uso de produtos plásticos, a China tenta enfrentar o grave problema do lixo plástico enterrado nos aterros sanitários, que sufoca solo, cursos de água e oceanos.

Esta é uma decisão importante, pois a China é um dos principais culpados pela poluição causada pelo lixo plástico, juntamente com Indonésia, Filipinas, Vietnã e Tailândia.

De acordo com um relatório do PNUMA, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, mais da metade do plástico presente nos oceanos é proveniente desses países, portanto, é indispensável resolver o problema do lixo plástico no sudeste asiático, para resolvê-lo em todo o mundo.

Felizmente, os governos estão respondendo à necessidade de reduzir o lixo: a Tailândia também decidiu recentemente proibir o uso de sacolas plásticas e lançar uma campanha de conscientização contra o plástico descartável.

Agora cabe à China que, depois das sacolas, pretende eliminar os canudos descartáveis ​​e reduzir em 30% o uso de plástico descartável em restaurantes e bares em até 2025. Outras intervenções estão em andamento nos setores médico, logístico e agrícola.

Ao mesmo tempo, o país está comprometido em fomentar a reciclagem e a reutilização para garantir que cada vez mais plásticos sejam recuperados e reutilizados.

Talvez te interesse ler também:

Além do plástico descartável, Europa está pronta para proibir também as embalagens plásticas

Zero copo plástico na Universidade Federal de Juiz de Fora em 2020

O coletor de lixo criado por Boyan Slat realmente funciona e está capturando toneladas de plástico no Pacífico

greenMe.com.br é uma revista brasileira online, de informação e opinião Editada também na Itália como greenMe.it
Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Instagram
Siga no Facebook