Mataram Voortrekker, o lendário elefante da Namíbia

Voortrekker

No final, eles conseguiram, mataram Voortrekker, o lendário elefante da Namíbia, imortalizado pelas câmeras de muitos turistas.

O elefante africano, um dos últimos e mais antigos da Namíbia, mudou-se para a região do Kunene nos anos 80, adaptando-se perfeitamente ao ambiente do deserto. E foi graças a ele que outros espécimes de sua família foram para lá, repovoando a área com elefantes, previamente extintos devido à caça ilegal.

Não por acaso foi chamado “Voortrekker”, que significa na língua africâner “aqueles que vão na frente” ou “pioneiro”. Foi ele quem ensinou aos recém-chegados os truques para sobreviver no local, dando-lhes o exemplo. Os elefantes, de fato, aprendem a arte da adaptação ambiental com os espécimes mais antigos e sábios, não é um conhecimento transmitido geneticamente. E isso deve ser suficiente para entender o quão valioso o seu papel era!

Apesar de ser considerado um animal pacífico, foi acusado de causar danos à propriedades e infraestruturas na área de Omatjete. Então vendido pelo governo a um caçador de troféus, que o privou para sempre da vida.

Imediatamente após a notícia triste, os protestos não faltaram e em um post publicado no Facebook, de Niël Terblanché, repórter do jornal Namibinao Informanté, levantou dúvidas sobre a veracidade das declarações relatadas pelo Ministério do Meio Ambiente e Turismo da Namíbia.

Também no Facebook, o Informanté relatou as declarações do Ministério sobre o assassinato, que alegou que não encontrou soluções alternativas senão matar, dada a gravidade dos danos causados ​​pelo animal.

Mas aparentemente o animal estava na mira de caçadores de troféus de longa data, tanto que em 2008 uma licença de caça já havia sido concedida para derrubá-lo junto com outros 5 elefantes do deserto, todos mortos. Ele foi poupado graças à arrecadação de fundos organizada pela ONG Elephant-Human Relations Aid (EHRA), que conseguiu chegar a cerca de 11 mil euros, e que hoje, comentando sobre o fato, o descreve como um espécime gentil e pacífico.

Uma pena que desta vez eles não conseguiram salvá-lo, também porque Voortrekker, como mencionado, foi um dos últimos exemplos da Namíbia. Um velho sábio que poderia ter ensinado seus sucessores por muitos anos, impedindo a total extinção dos elefantes do deserto.

Talvez te interesse ler também:

ELEFANTE: AS VÁRIAS SIMBOLOGIAS E SIGNIFICADO NOS SONHOS

A DURA VIDA DOS ELEFANTES: DO CIRCO AOS EXPERIMENTOS CIENTÍFICOS

EM MEMÓRIA DE DAPHNE SHELDRICK, A MULHER QUE PASSOU A VIDA SALVANDO ELEFANTES ÓRFÃOS NA ÁFRICA

Ingressou no curso de Ecologia pela UNESP e formou-se em Direito pela UNIMEP. É redatora-chefe e co-founder de GreenMe Brasil.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Instagram
Siga no Facebook