Turista morta por uma leoa: a inutilidade dos Safaris

Turista morta por uma leoa: a inutilidade dos Safaris

Tragédia em uma reserva privada na África do Sul, onde uma turista norte-americana de 22 anos foi atacada por uma leoa. Mesmo que não conhecendo as circunstâncias do episódio, essa triste história mostra mais uma vez a inutilidade dos Safaris.

No momento do ataque, a moça estava com amigos e parentes mas as tentativas de salvá-la foram inúteis porque as feridas no corpo eram letais. A turista foi atacada pela leoa pouco fora da Reserva Natural de Dinokeng, um resort perto de Hammanskraal, cidade na província de Gauteng.

Apesar do rápido socorro ter chegado, a turista morreu no local do acidente depois de alguns minutos, enquanto, felizmente, os parentes e amigos que estavam com ela, saíram ilesos.

Embora a investigação tenha sido aberta pela polícia, o que continua a ser questionado, mais uma vez, é sobre a inutilidade dos Safaris, especialmente em reservas como esta da África do Sul, que, como se lê no site deles, oferece a possibilidade de fazer itinerários individuais para avistar os animais.

O problema é que não estamos falando de cachorros e de gatos, mas de elefantes, leões, rinocerontes, leopardos e búfalos, animais selvagens que certamente não estão acostumados com a presença humana.

Impossível saber qual foi a causa do ataque e lamentamos muito pela morte trágica desta jovem mulher, mas nos lembramos de condenar fortemente este tipo de turismo que, além de ser perigoso para os humanos, também tem consequências para os animais.

Quantas vezes depois de um ataque semelhante, leões e outros espécimes foram mortos? Podemos condená-los por seus instintos predatórios? E então, a solução está lá debaixo dos olhos de todos, não devemos contribuir com qualquer tipo de business que gere lucro em detrimento dos animais.

E infelizmente este não é um caso isolado, há alguns anos atrás, uma outra turista fora atacada por um leão, porque durante o safari abaixou a janela do veículo para fazer uma foto do animal. Um gesto imprudente que custou sua vida.

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *