ambiente
ambiente

Manifestação em defesa do Meio Ambiente em Curitiba

A luta pelo meio ambiente no Brasil está apenas começando. É verdade que nunca pudemos baixar a guarda, mas o atual governo federal tem-nos deixando ainda mais vigilantes e com mais disposição para a defesa do meio ambiente no Brasil.

Foram inúmeras as ameaças impostas pela pasta comandada por Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, tais como:

  • Transferir para o Ministério da Agricultura a demarcação de terras indígenas e o Serviço Florestal Brasileiro;
  • Perder a Agência Nacional de Águas para o Ministério de Desenvolvimento Regional;
  • Extinguir a Secretaria de Mudança Climática;
  • Praticar assédio aos fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), responsáveis por aplicar multas ambientais para poluidores e desmatadores, além das ameaças de desmantelar áreas protegidas;
  • Reduzir o Conselho Nacional do Meio Ambiente;
  • Eliminar o Instituto Chico Mendes (ICMbio);
  • Autorização indiscriminada de agrotóxicos na agricultura;
  • Convocar militares e policiais militares para os cargos de chefia do IBAMA e do ICMbio sob o pretexto de que podem conferir um maior poder de política para esses órgãos.

Além disso, o presidente Jair Bolsonaro é um defensor da revisão do código florestal das unidades de conservação por um viés equivocado sobre a natureza. Por isso, sabemos que temos muito por lutar. Dentre as ações preocupantes estão:

  1. Enfraquecimento do Ministério do Meio Ambiente
  2. Revisão de todas 334 Unidades de Conservação
  3. Fim das Reservas Legais
  4. Freio na fiscalização pelo Ibama
  5. Ibama anuncia onde fiscais vão reprimir os crimes ambientais

    (O anúncio contraria o protocolo de segurança do próprio Ibama, que sempre guardou sigilo absoluto sobre as ações dos fiscais)

  6. ‘Cancún brasileira numa Estação Ecológica’
  7. Desmantelamento da Política Climática
  8. Fundo Amazônia pode desaparecer
  9. Liberação da caça esportiva

É necessário que ajamos de forma macro, organizando-nos socialmente, e no nível micro, tomando medidas que individualmente todos podemos fazer em prol do meio ambiente.

Em Curitiba, capital paranaense, um grupo de pessoas decidiu agir coletivamente e programou uma manifestação na Praça Santos Andrade no dia 28 de julho, às 14h.

Clique AQUI para participar do evento marcado no Facebook.

Estamos vivendo um momento no país em que várias pautas importantes estão tomando a cena e é preciso que a questão ambiental também seja protagonista. Organize, também, em sua comunidade ações que deem visibilidade à insatisfação com os rumos que as esferas governamentais têm dado à política ambiental no país.

Talvez te interesse ler também:

BILIONÁRIO NORUEGUÊS ENGAJA PROJETO COMPROMETIDO COM O FUTURO DO PLANETA

RECORDE DE DESMATAMENTO NA AMAZÔNIA: SÓ EM MAIO FORAM DOIS CAMPOS DE FUTEBOL POR MINUTO

LEONARDO DICAPRIO DOOU 100 MILHÕES DE DÓLARES PARA ACABAR COM A CAÇA: ELE QUER PROTEGER O PLANETA

Sobre Gisella Meneguelli

Gisella Meneguelli
É doutora em Estudos de Linguagem, já foi professora de português e espanhol, adora ler e escrever, interessa-se pela temática ambiental e, por isso, escreve para o GreenMe desde 2015.

Veja Também

Madeira ilegal e glifosato em esquema de escravidão moderna em MG

De acordo com o Ministério Público do Trabalho, conforme publicação em sua página no Instagram, …