Lago tomado pela poluição renasce graças a este lindo trabalho

Lago tomado pela poluição renasce graças a este lindo trabalho

Esta história é de fato incrível. Na vida guardamos amores da infância que, quando descobrimos que morreu, é sempre um choque. Mas e se se descobríssemos que esse amor não estava ainda morto, mas sim na UTI? E se você estivesse do outro lado do mundo? E se este amor fosse um lago completamente tomado pela poluição? O que você faria?

Bom, poucos fariam o que Marino, este jovem peruano fez.

A história foi contada pela Siebert Eco, uma empresa de Curitiba que transforma resíduo em matéria prima.

Marino é um jovem cientista que morava no Japão há 20 anos, país onde tinha ido estudar, e que acabou ficando por lá.

Um dia falando com seu pai pelo telefone, o pai lhe contou que um lago chamado “El Cascajo”, lugar de belíssimas recordações do cientista, estava morto, tomado pela poluição, e que em breve teria sido assoreado.

Pois Marino resolveu agir. Aquela sua lembrança de infância não podia ser literalmente enterrada viva. O lago estava nas últimas, mas a esperança é a última que morre. Assim, ele tirou férias e foi para sua terra natal cuidar do lago.

Chegando lá, primeiramente tentou pelas vias políticas uma ajuda e, não tendo recebido apoio arregaçou as próprias mangas e começou por limpar o lago retirando lixo e algas dele. Ele separou o lago em partes e começou uma a uma até que o pessoal local, vendo o empenho do moço, decidiu fazer um mutirão de salvamento do lago.

Depois da primeira fase da retirada do grosso, passou-se à limpeza chamada “Borbulhagem Micro Nano” um processo no qual se utilizou um produto 100% orgânico, criado pelo próprio Marino que faz a sujeira “boiar” na superfície da água, para depois ser filtrada. Foram produzidas toneladas deste produto para ser colocado em todo o lago e limpá-lo de uma vez.

Enfim, com muito amor e dedicação, o lago saiu da UTI e passou a respirar: aves, peixes e até pessoas voltaram a banhar-se em suas águas.

O difícil, mas vitorioso processo de recuperação do lago, fez tanto sucesso que hoje Marino está com a agenda cheia para salvar outros lagos.

Estima-se que 40% dos rios e lagos do mundo estejam com este grave problema da poluição, na UTI do meio ambiente. Esperamos que a missão de Marino seja divulgada no mundo inteiro pois há esperança.

Toda a vida do planeta Terra precisa respirar.

Essa notícia nos deu um suspriro de esperança. Compartilhe!

Talvez te interesse ler também:

A Austrália encontrou um modo de salvar a água da poluição plástica (e podemos fazer o mesmo!)

O exemplo do Rio Jundiaí: depois de 34 anos, despoluído, volta à vida!

Série mostra o legado que não se cumpriu: a Baía poluída na Rio 2016

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *