Descoberta uma piscina natural intacta, jamais tocada pelo ser humano

Deslumbrante, exótica e de aparência única. A piscina natural foi encontrada a cerca de 200 metros de profundidade, próximo da entrada da Caverna Lechuguilla, uma das cavernas virgens do Parque Nacional de Carlsbad Caverns, no Novo México.

O Parque Nacional das Cavernas de Carlsbad, fica na área do deserto de Chihuahuan, no sudeste do Novo México, EUA, perto da base das montanhas de Guadalupe.

Acredita-se que o local nunca tenha sido visitado por pessoas antes.

Rodney Horrocks, chefe de recursos naturais e culturais do Carlsbad Caverns National Park, afirmou que

“Essa piscina está isolada há centenas de milhares de anos e nunca havia visto luz antes daquele dia.”

A página oficial de Carlsbad Caves no Facebook publicou a notícia denominando a área como um local “completamente intocado”, além de tentar “explicar” que a tonalidade do liquido pode ter sido causado por bactérias que “evoluíram inteiramente sem a presença humana”.

Mas em entrevista ao McClatchy News, o geocientista Max Wisshak, que liderou a expedição, disse que a cor da água é uma ilusão de ótica, pois ela é realmente “cristalina”.

Ele explicou ainda a grande importância de encontrar lugares assim genuínos e intactos, livres de contaminantes, intactos com a sua própria microbiologia, que inclusive incluiu novas espécies de micróbios encontradas nas amostras na caverna de Lechuguilla,

Acredita-se que a água possa ter vindo através da chuva que penetrava o calcário e escorria nas paredes da caverna.

A idade de formação do local ainda não é certa, porém ela ainda está em ‘construção’ e a pesquisa se concentra sobre os cristais de barita exclusivos na caverna de Lechuguilla, tanto a piscina quanto a passagem da caverna contêm barita, que raramente é encontrada em cavernas e que precisa ser investigada cientificamente.

Os pesquisadores buscam financiamento para continuar a pesquisa. E no2s esperamos que, de qualquer modo este lugar siga intacto, sem a intervenção humana que tanto destrói.

Talvez te interesse ler também:

A água cristalina da caverna do Poço Azul: o que é e quando visitar

Na Nova Zelândia cavernas iluminadas como um céu estrelado

À descoberta da maior caverna do mundo: Miao Room

Juliane Isler, advogada, especialista em Gestão Ambiental, palestrante e atuante na Defesa dos Direitos da Mulher