Os canais de Veneza com águas cristalinas graças ao coronavírus

A Itália é um dos destinos turísticos mais visitados do mundo. Quem nunca sonhou em conhecer os canais de Veneza, considerada a cidade mais romântica do planeta?

Mas qual é o impacto ambiental que tantos turistas deixam para a cidade?

O segundo país mais afetado pelo coronavírus está sentindo um efeito positivo ao menos do ponto de vista ambiental. Não apenas o ar melhorou, como os canais de Veneza amanheceram com águas cristalinas após esses dias de quarentena.

Os moradores de Veneza fizeram fotos dessa recuperação da natureza. É possível observar até mesmo peixes nadando!

A habitante local Maria Lanaro escreveu em suas redes sociais: “A natureza retoma sua vida, que lindo”.  Outro usuário, Villa Lory, disse:  “É maravilhoso ver os peixes”, segundo informa o Guia Viajar Melhor.

Embora as águas tenham surgido cristalinas não significa que elas estejam limpas.  O prefeito de Veneza explicou que:

“A água parece mais clara porque há menos tráfego nos canais, permitindo que o substrato permaneça no fundo”.

Ainda que a água não esteja limpa, a qualidade do ar melhorou em Veneza, reconheceu o prefeito em entrevista à CNN:

“O ar, no entanto, está menos poluído, pois há menos tráfego de motores de barco do que o habitual”.

Quem sabe esta seja mais uma lição do coronavírus: revisar o tráfego incontrolável de pessoas e transportes nas cidades turísticas, principalmente.

Turistas interessados pela vida local, e não pelas selfies a serem publicadas em redes sociais, cada vez mais têm sentido a dificuldade de perceber a rotina e o tempo dos lugares aonde vão. Sobretudo para os moradores tornou-se um caos viver em suas próprias cidades, em nome do turismo que visa apenas ao lucro.

É hora de repensar aquilo que se vende como qualidade de vida e traçar outros formas de viver.

Talvez te interesse ler também:

Que lições podemos tomar do coronavírus?

Itália fechada por coronavírus e diminuição da poluição: veja imagens de satélite

Andrà tutto bene: a Itália combate o coronavírus com o arco-íris da esperança

Fonte foto: CNN

É doutora em Estudos de Linguagem, já foi professora de português e espanhol, adora ler e escrever, interessa-se pela temática ambiental e, por isso, escreve para o GreenMe desde 2015.
Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Instagram
Siga no Facebook