Dia Mundial da Alimentação 2014: agricultura familiar para alimentar o planeta

Dia Mundial da Alimentação 2014: agricultura familiar para alimentar o planeta

Alimentar o mundo e preservar o planeta com a agricultura familiar. Esse é o tema central do Dia Mundial da Alimentação 2014, que é comemorado todos os anos no dia 16 de outubro. A celebração é patrocinada pela FAO e tem como objetivo refletir sobre os persistentes problemas da fome e da segurança alimentar.

O tema foi escolhido para reforçar a importância da agricultura familiar e dos pequenos agricultores. O foco todo está no papel fundamental que a agricultura familiar pode desempenhar nos combates à fome e à pobreza, garantir as seguranças alimentar e nutricional e ainda melhorar as condições de vida e a gestão dos recursos naturais.

O importante é valorizar o desenvolvimento sustentável nas áreas rurais. 2014 é o Ano Internacional da Agricultura Familiar por decisão da ONU, que quis deixar claro o reconhecimento da contribuição deste tipo de agricultura.

O Dia Mundial da Alimentação foi realizado pela primeira vez em 16 de outubro de 1981. Em todos os países do mundo, a agricultura familiar é a forma predominante de agricultura no setor de produção de alimentos. Ela inclui todas as atividades relacionadas à família e está ligada às diferentes realidades do desenvolvimento rural.

Nos dia 25 e 26 de outubro, em Roma, Itália, realizar-se-á o Diálogo de Políticas de Agricultura Familiar. O Brasil, no começo deste mês, assinou um acordo com a FAO destinando US$ 150 mil ao Fundo Fiduciário Multilateral do Ano Internacional da Agricultura Familiar. “Para o Brasil, a agricultura familiar é um dos pilares do desenvolvimento agrícola. Essa contribuição permitirá aumentar ainda mais o nosso apoio a essa área”, disse Maria Laura da Rocha, Embaixadora do Brasil junto à FAO.

E o que podemos fazer pelo Dia Mundial da Alimentação? O sonho seria comermos o que plantamos, mas em todo o caso, vamos dar preferência ao alimento cultivado pelo agricultor e pelos pequenos produtores que vendem na feira do bairro, na quitanda, no mercadinho perto de casa. Isso pode fazer a diferença em primeiro lugar. Outra coisa que podemos fazer é evitar ao máximo o desperdício. E vamos juntos por um mundo sem fome!

Leia também: Deliciosas receitas para fazer com sobras de macarrão

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *