Equador: ampliação de Reserva protegerá mais de 360 espécies de aves

Equador: ampliação de Reserva

Um esforço conjunto entre Fundación Jocotoco, American Bird Conservancy (ABC), Rainforest Trust, World Land Trust (WLT) e March Conservation Fund conseguiu aumentar em 1.187 hectares a área da Reserva Río Canandé, conseguindo levar à proteção de mais 6.100 hectares de florestas na região de Chocó, que se encontra altamente ameaçada na parte noroeste do Equador.

Chocó

A aquisição de seis propriedades adjacentes à Reserva foi feita pelo fato de se localizarem em um ponto que é considerado o quarto hotspot de biodiversidade mais importante do planeta: o Chocó. Para se ter uma ideia das dimensões, nessa região, suas florestas vão desde o sul da Colômbia até o norte do Equador.

Devastação e ameaça

Infelizmente, menos de 10% de Chocó equatoriano estão preservados, devido, entre outras questões, ao desflorestamento – a extração de madeira da região é uma realidade importante – bem como a rápida expansão das plantações de palma africana, ao sul e a oeste da reserva. Por conta das variadas ameaças à sua biodiversidade, a expansão da reserva Río Canandé se converteu em prioridade para a Fundação Jocotoco e seus sócios.

Essa Reserva se encontra no coração de uma área que conserva os últimos remanescentes da floresta de Chocó no Equador. Está rodeada de diversas áreas protegidas, que incluem o território ChachiPatrimônio Florestal do Estado – a zona de amortecimento da Reserva Ecológica Cotacachi-Cayapas, e o Refúgio de Vida Silvestre El Pambilar – criado recentemente pelo Governo do Equador em uma antiga zona de extração de madeira, com uma extensão de, aproximadamente, 3 mil hectares.

A Reserva Río Canandé e as zonas protegidas vizinhas se encontram na Área de Aves Endêmicas de Chocó, que registra o maior número de espécies de habitat restrito, no mundo. Essas florestas também têm uma das maiores concentrações de espécies endêmicas – cerca de ¼ do total de espécies não se encontram em nenhum outro lugar do mundo.

Nessa região vivem, entre ameaçadas e semiameaçadas, 16 espécies de aves; 13 das quais se encontram na Reserva Río Canandé – incluindo pavões e falcões. A diversidade de árvores nesse local também é absolutamente exuberante, como é o caso da rara Ecuadodendrum acosta-solisianum. Reserva também faz parte da AZE – Aliança pela Extinção Zero, em livre tradução.

A aquisição das propriedades à volta da Reserva Río Canandé se deu de modo acelerado, já que há a perspectiva da construção de uma ponte sobre o rio Canandé, que acabará facilitando a perda do habitat natural, bem como servirá de facilitador para a extração de madeira. Com a área de proteção, a fiscalização poderá ser mais intensa sobre os madeireiros e biopiratas.

Fonte foto: freeimages.com