As 10 empresas da indústria alimentícia que mais poluem o meio ambiente

empresas da indústria alimentícia

Atualmente, as 10 empresas da indústria alimentícia que mais produzem gás carbônico juntas, poderiam ocupar o vigésimo quinto lugar entre os países mais poluentes. Estes dados críticos alertam as companhias, dentre as quais estão as mais famosas fabricantes de cereais, o risco financeiro que correm se não mudarem suas políticas de emissão de gases poluentes, segundo a Oxfan. As empresas em questão são a Associated British Foods, Coca- Cola, Danone, General Mills, Kellogg's, Marte, Mondelez International, Nestlé, PepsiCo e Unilever.

Os dados mais recentes revelados pelo Carbon Disclosure Project e publicado no prestigiado The Guardian, cita que juntas essa empresas emitem mais poluentes que Finlândia, Suécia, Dinamarca, Noruega e anual total da Islândia, o que significa a emissão de 250 milhões de toneladas de gases de efeito estufa. A Oxfam insiste que as empresas são capazes de cortar suas emissões combinadas de 80 milhões de toneladas até 2020 e diz que o que é feito atualmente é insuficiente face aos danos causados ao meio ambiente pelo processo produtivo.

A Kellogg's (produz o mais conhecido flocos de milho) e a General Mills (fabricante dos sorvete Haagen-Daz) são as empresas consideradas com as piores políticas ambientais, o que sugere que ambas estabeleçam metas para reduzir emissões de sua cadeia produtiva de suprimentos que afetam e causam mudanças climáticas. Estas mudanças climáticas estão ligadas a tempestades, inundações, secas e mudanças nos padrões, que afetam o abastecimento de alimentos, oferta e preço de mercado.

Em resposta a Oxfam, a Kellogg's cita que “está comprometida com o que é melhor para o meio ambiente e para a sociedade, sendo que parte deste compromisso está em reduzir a emissão de gases estufa de uma forma viável economicamente”. A General Mills afirma que “as mudanças climáticas são uma questão muito séria, e como uma empresa de alimentos é muito preocupada com o impacto que as mudanças climáticas podem ter na produção e fornecimento de matéria prima e tem caminhado para redução na emissão de gases nas suas operações ao longo dos anos”.

Se você é consumidor destas marcas e se importa com o meio ambiente, escreva para estas empresas cobrando uma atitude da parte delas. Clique aqui e diga para a General Mills e para a Kellogg's de pararem de fomentar a mudança climática.

Leia também:

POR QUE OS AVIÕES POLUEM TANTO?

FIBRAS SINTÉTICAS: POLUEM OS MARES E OCEANOS CADA VEZ QUE LAVAMOS ROUPAS

PETROBRAS: 20ª DO MUNDO EM POLUIÇÃO

Fonte foto: behindthebrans.org