40% dos rios brasileiros têm qualidade da água ruim ou péssima

40% dos rios brasileiros tem água ruim ou péssima

Quase metade da água dos rios, córregos e lagos de sete estados brasileiros é considerada péssima ou ruim. Segundo o levantamento feito pela Fundação SOS Mata Atlântica.

Pesquisadores coletaram 177 amostras de quase 100 córregos, rios e lagos nos estados do Sul e Sudeste. Foram considerados 32 bairros de toda a cidade de São Paulo e 15 bairros do Rio de janeiro, também foram analisados outros pontos nos estados de Espirito Santo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A qualidade da água se mostrou regular em 49% dos pontos analisados; 35% foram considerados ruins e 5% dos pontos analisados apresentaram péssimas condições. Apenas 19 rios e mananciais – localizados em área de preservação ambiental -, representando 11%, mostraram ter boa qualidade mas nenhum ponto foi considerado ótimo.

Em 2010, a Fundação SOS Mata Atlântica havia realizado uma pesquisa semelhante onde foram analisados 88 pontos de São Paulo e Minas Gerais. Em comparação com os mesmos locais anteriormente avaliados, constatou-se que subiu de 5 para 15, o número de rios e córregos com água de boa qualidade.

Segundo Gustavo Veronesi, um dos coordenadores da pesquisa, a poluição dos rios se refere ao esgoto doméstico, salientando que o kit usado para medir a qualidade das águas não leva em conta o esgoto industrial. No que se refere a tímida melhora na comparação com a análise feita em 2010, Gustavo acredita que a conscientização populacional foi o que impulsionou a melhoria, e destaca que a melhoria das águas é um processo lento e demorado, cujos resultados demoram para se tornarem visíveis.

Para analisar a qualidade da água, são utilizados parâmetros como o nível do oxigênio e pH, odor e a presença de urina e fezes. Para a medição ocorrer nos diversos pontos dos estados, o programa Rede das Águas, contou com o auxílio de grupo de escolas, escoteiros e cidadãos interessados em estimular a educação ambiental.

É importante que o poder público, as empresas e os cidadãos conheçam suas obrigações e cada um faça sua parte para que melhoremos a qualidade de nossas águas.

Então, que tal aproveitar que o Dia Mundial da Água é amanhã, 22, que tal comemorar a data adotando ações em prol da preservação e da minimização de nossos impactos? Pois será de gota em gota que preservaremos a água do nosso planeta.

Fonte foto: Stock.Xchng