Chicória do Amazonas ou coentro bravo – medicinal e alimentícia

Chicória do Amazonas ou coentro bravo – medicinal e alimentícia

Existem plantas comestíveis não convencionais que têm propriedades interessantes. Estas não são vendidas no comércio em geral mas, regionalmente, têm muita aceitação. Aqui vamos falar da chicória do Amazonas, que entra nos pratos regionais tacacá e pato ao tucupi.

A chicória do Amazonas é uma planta da família das Apiaceae, a espécie Erungium foetidum, e é uma planta com reconhecidas propriedades medicinais usada na fitoterapia amazonense que está sendo bastante produzida pela Agricultura Familiar.

Um estudo desenvolvido na várzea do Rio Solimões, no município de Benjamim Constant, nas comunidades rurais de Vera Cruz, Nova Aliança, Novo Paraíso e Guanabara II trouxe dados significativos do uso medicinal desta erva, comummente usada para a cura, pelas populações tradicionais locais.

Para este estudo se recolheu a percepção local, empírica (emic), das populações, para o uso medicinal e se confrontou com a caracterização teórica (etic) que é fundamentada cientificamente.

Emic e etic são dois conceitos da antropologia que se originam em duas diversas visões de mundo e que, portanto, dão um resultado comparativo que amplia o horizonte de análise.

Segundo estas duas percepções, a emic e a etic, a chicória do Amazonas tem uso curativo nas seguintes moléstias: medicinal, afrodisíaco, condimentar, antiespasmódico, calmante, dores de cabeça, emenagogo, estimulante do parto, febrífugo, câimbra, gripe, hepatite e pneumonia. Confira os resultados nos dois gráficos abaixo cuja fonte é a mesma do estudo de que falo aqui:

foto

foto

A cultura desta hortaliça é privilegiada exclusivamente pelo uso da agricultura familiar e dos ribeirinhos que lhe conhecem e aplicam as suas qualidades curativas. Mas, com o avanço mercadológico das hortaliças exóticas e a agricultura extensiva, que obedece leis de oferta e procura, vêm caindo em desuso o que é uma perda imensa para o bem estar popular e também para a biodiversidade.

A chicória do Amazonas tem significativas importâncias econômica e social. Além de ser tempero essencial a inúmeros pratos típicos regionais, é comercializada em quantidades expressivas, apesar de não ser competitiva nos mercados.

talvez te interesse ler também:

PLANTAS NATIVAS BRASILEIRAS COMESTÍVEIS E POUCO CONHECIDAS

POR QUE COMEMOS SEMPRE AS MESMAS COISAS?

CHICÓRIA OU ALMEIRÃO: PROPRIEDADES, USOS E BENEFÍCIOS

10 MATOS COMESTÍVEIS PARA VOCÊ CONHECER E SE BENEFICIAR

DENTE-DE-LEÃO – A COROA DO SOL – USOS CULINÁRIOS E MEDICINAIS

Fonte foto capa: Farmácia da Natureza

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

4 comentários em “Chicória do Amazonas ou coentro bravo – medicinal e alimentícia”

  1. Avatar
    Daniel Salles

    Meus amigos. Boa.noite. parece que se tornou Lugar-comum se falar em “Pato no Tucupi” e “Tacacá”. Aliás, ótimas comidas. Entretanto a XICÓRIA DO AMAZONAS, – que inclusive já plantei há anos – serve também (e muito) para temperar DIVERSOS pratos, incluindo aí peixes e carnes bovinas, ovinas ou suínas. E também é largamente utilizada no vinagrete, pois compõe o famoso CHEIRO VERDE, junto à Cebolinha e à Salsa, ou, Coentro. No Amazonas, pelo menos, o Vinagrete tradicional é composto de Cheiro Verde, Cebola e Tomate, Vinagre ou limão, água e sal. E às vezes, Pepino.

  2. Avatar

    Nossa que legal. Tenho essa planta em meu quintal como praga e as vez pego alguma folhinha para por em peixes e carnes, porque me disseram que substitui o coentro. Agora vejo que é uma planta medicinal. Vou dar a ela um lugar aqui… Gostei muito da página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *