Plantar embalagem de cerveja e colher legumes frescos: a ideia de uma cervejaria argentina contra o lixo

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

A Cerveza Patagonia, a maior cervejaria artesanal argentina, encontrou uma maneira de minimizar o impacto de suas embalagens no ambiente. O que eles inventaram? Uma versão ecológica da embalagem de seis unidades, feita com papel plantável.

A cervejaria sul-americana lançou oficialmente uma embalagem inovadora para ser plantada em vez de ser jogada fora. Trata-se do Eco Pack, que possui sementes vivas em sua composição.

Uma vez bebidas as cervejas, no momento de descartar a embalagem, ela pode ser divididas em várias partes, plantada e regada para completar seu ciclo natural e, assim, permitir o crescimento das plantas.

Obviamente que, para a embalagem ser plantável, além de ter sementes no interior, deve ser feita (como é o caso) com papel 100% biodegradável e impressa com tinta não tóxica, à base de água. Desta forma, a embalagem não é prejudicial ao meio ambiente nem às sementes contidas nela.

O material é resultado de uma parceria entre a Cerveza Patagonia e a Papel Semente, empresa especializada na produção semi-artesanal desse tipo de produto através da reciclagem de papel, com certificação Green Seal pelo Instituto Chico Mendes.

A embalagem original faz parte de um compromisso maior da cervejaria. Conforme declarou Richard Lee, gerente de sustentabilidade da Cervejaria Ambev (da qual a Cerveza Patagonia faz parte):

“Reduzir as embalagens ou dar destinação correta para as produzidas é uma das nossas principais preocupações. Por isso, temos buscado reduzir a quantidade de embalagens no mercado, focando nossos esforços em aumentar a quantidade de envases retornáveis e reciclados. Uma de nossas metas socioambientais é que, até 2025, 100% de nossos produtos estejam em embalagens retornáveis ou feitas majoritariamente de material reciclado.”

Por enquanto, a confecção em papel plantável está disponível apenas nos Refugios da Patagonia, que são os bares oficiais da marca, presentes em várias regiões da América do Sul.

Essa embalagem compostável e plantável pode ser usada em outros produtos, vocês não acham? Revolucionar é preciso!

Talvez te interesse ler também:

COVE, A PRIMEIRA GARRAFA D’ÁGUA BIODEGRADÁVEL E REUTILIZÁVEL

POTATO PLASTIC: TALHERES E SACOLAS FEITAS DE BATATAS PARA DIZER ADEUS AO PLÁSTICO

LINDOS, COMESTÍVEIS E BIODEGRADÁVEIS: PRATOS E TALHERES FEITOS DE FARELO DE TRIGO

MILHO E ABACAXI VIRAM PRATOS E TALHERES QUE PODEM SER PLANTADOS

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
greenMe.com.br é uma revista brasileira online, de informação e opinião Editada também na Itália como greenMe.it
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Instagram
Siga no Facebook