Óleo de rícino: diversos usos para cabelos e pele

Óleo de rícino
O óleo de rícino vem da semente da mamona, muito conhecida em todo território brasileiro. Este óleo é extremamente benéfico e tem diversos e favoráveis usos para cabelos e pele, trazendo resultados revigorantes, rejuvenescedores e complementadores. Veremos as indicações e contraindicações do uso de óleo de rícino, além de explorarmos um pouco mais a fundo suas características e benefícios para o cabelo e a pele.

Os benefícios do óleo de rícino para os cabelos

O óleo de rícino é capaz de proporcionar os mais variados benefícios para a saúde dos cabelos. Aqui podemos citar um vasto leque de vantagens na utilização deste óleo.

óleo de rícino para os cabelos

O óleo de rícino pode ser usado para o crescimento capilar. Além disso, por possuir ômega-6, o óleo de rícino nutrirá os fios de cabelo. Para utilizar o óleo de rícino para este fim, basta aplicá-los sobre o cabelo e couro cabeludo e massagear por cerca de 5 a 10 minutos, depois basta enxaguar. Caso você queira intensificar os resultados, é possível colocar uma touca após a massagem com o óleo de rícino antes de dormir. A touca então será tirada no dia seguinte e os cabelos enxaguados, completamente revigorados e cheios de vida.

Além disso, ainda graças ao ômega-6 e ômega-9, o óleo de rícino colaborará com o engrossamento dos fios de cabelo. Obviamente, tanto para o crescimento e quanto para deixar os fios de cabelos mais grossos, é necessário a aplicação regular do óleo, por alguns dias e semanas.

Leia também:

seta

COMO FAZER O CABELO CRESCER RÁPIDO: DICAS E REMÉDIOS NATURAIS

Benefícios do óleo de rícino para a pele

Os benefícios do óleo de rícino não são exclusivos para o cabelo, mas também para a pele, sendo poderoso rejuvenescedor, hidratante, curativo, aliviador de queimaduras de sol, redutor de cicatrizes e também ajudando a prevenir estrias.

Para utilizar o óleo de rícino como rejuvenescedor e hidratante, basta fazer um composto que seja ¼ de óleo de rícino com ¾ de óleo de gergelim para quem tem a pele seca.

Para peles normais, ¼ de óleo de rícino com ¾ de óleo de oliva, e

¼ de óleo de rícino com ¾ de óleo de jojoba para quem tem a pele oleosa.

Com este composto, basta massagear a pele gentilmente ao anoitecer. Para retirar, pode-se utilizar um pano úmido de água quente. Este pano é aplicado sobre o rosto e lá permanece por um minuto antes de ser retirado. O excesso de óleo que permanecer pode ser removido com algodão.

óleo de rícino para a pele

Com o mesmo composto indicado acima (que depende de cada tipo de pele), o óleo de rícino pode ser utilizado sobre cicatrizes durante semanas para que elas fiquem mais suaves. Também é muito poderoso contra a acne. Para tal, basta lavar a pele com água morna para abrir os poros e aplicar o óleo de rícino sobre o mesmo local. Ele deve permanecer por toda a noite, portanto a aplicação é feita recomendavelmente antes de se deitar para dormir. Pode também ser aplicado sobre queimaduras solares, bastando uma composição de metade de óleo de rícino e outra de óleo de coco sobre o lugar de ardência para garantir alívio imediato.

Leia também:

seta MANCHAS NA PELE: 10 TRUQUES E REMÉDIOS NATURAIS

Ainda na saúde da pele, a pomada do óleo de rícino pode ser utilizada também nas mãos e unhas (pois contém queratina como no cabelo). Será excelente hidratante e auxiliador na restauração de ambos.

Contraindicações do óleo de rícino

Vimos que o óleo de rícino tem diversos usos para os cabelos e para a pele, no entanto cabe o alerta de que embora o seu óleo venha da semente da mamona, a ingestão direta da semente em si pode ser muito perigosa, por ser uma semente muito tóxica. Assim sendo, gestantes e crianças devem evitar a todo custo o contato com o óleo de rícino e sua semente. Portanto, dentro dos cenários mencionados ou não, será necessário consultar um profissional de saúde, tal qual o médico, para saber se pode ou não usar o óleo de rícino.

Leia também:

setaÓLEO DE COCO: 10 EXTRAORDINÁRIOS USOS ALTERNATIVOS

setaÓLEO DE MELALEUCA: SUAS MIL UTILIDADES, PROPRIEDADES E COMO COMPRÁ-LO

setaÓLEO ESSENCIAL DE LAVANDA: 10 USOS FANTÁSTICOS PARA A SAÚDE E O BEM-ESTAR