Amêndoa de pequi: saúde e sabor únicos do Cerrado

Amêndoa de pequi: saúde e sabor únicos do Cerrado

Amêndoa de pequi, já ouviu falar dessa saborosa iguaria? Ela nada mais é do que a semente do pequi.

pequi (Caryocar  brasiliense)  é uma fruta nativa do Cerrado brasileiro, popularmente chamado de piquipiqui, pequiá, pequiá-pedra, piquiá, piquiá-bravo, amêndoa-de-espinho, grão-de-cavalo, pequerim e suari.

Na língua indígena seu significado é “casca espinhosa”.

Muito utilizado nos pratos da cozinha regional, o pequi tem um sabor muito peculiar, com cheiro forte bastante característico.

Do fruto se aproveita a polpa e a semente, de ambos se extrai óleo – da polpa, para uso na cosmética e fármaco – e da semente, tanto óleo vegetal quanto biodiesel.

Como obter a amêndoa do pequi

Cada fruta possui até 4 caroços, e dentro deles tem uma única semente, da qual pode ser transformada numa deliciosa amêndoa de pequi, de sabor único e muito saudável.

Para encontrar a amêndoa, é preciso despolpar o caroço e secar ao sol ou no forno.

É muito importante torrar a semente ou amêndoa de pequi para retirar os fatores antinutricionais como inibidores de tripsina, taninos e fitatos.

Depois de seco, quebre com uma faca e retire a semente ou a amêndoa de dentro e está pronta para o consumo.

Mas cuidado! O fato do pequi possuir inúmeros espinhos entre sua polpa e sua amêndoa, é trabalhoso retirar esse revestimento, por isso a necessidade de valorizar o produto quando chega para o consumo nos mercados e feiras.

A amêndoa de pequi pode substituir qualquer outro tipo de amêndoa, castanha, noz ou amendoim.

Propriedades nutricionais

A amêndoa do pequi possui elevado teor de lipídios e proteínas, portanto altamente nutritiva, além de fibras dietéticas, compostos bioativos e minerais como fósforo, potássio, magnésio e ferro.

Valor nutricional

  • Proteína g/100g 1.2
  • Cálcio mg/100g 14
  • Fósforo mg/100g 10
  • Potássio g/100g 1.54
  • Magnésio g/100g 1.14
  • Ferro mg/100g 1.2

Propriedades medicinais

A principal atividade do pequi é antimicótica.

Tanto à planta, casca e folhas, quanto aos frutos, são atribuídas diversas propriedades medicinais, como a atividade antifúngica encontrada na folha, no óleo essencial da semente, além da ação dos óleos fixos da amêndoa sobre diversos microrganismos, como fungos e leveduras.

Além disso, a amêndoa do pequi possui compostos fenólicos e carotenoides que podem propiciar efeitos benéficos à saúde, sendo altamente recomendado seu consumo.

Aproveite!

Talvez te interesse ler também:

Como Plantar Pequi e Fazer as Suas Mudas

Aproveite os benefícios do PEQUI com 6 receitas deliciosas!

Farinha de jatobá, já ouviu falar? Veja benefícios e receitas!

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *