Shiitake: propriedades, usos e contraindicações

shitake capa

Shiitake, cujo nome científico é Lentinula edodes, é um cogumelo comestível nativo do leste da Ásia. A espécie é o segundo cogumelo comestível mais consumido no mundo. Seu nome de origem japonsa significa shii (uma árvore parecida com carvalho) e take (cogumelo).

É um fungo aeróbio, decompositor da madeira e encontrado naturalmente nas florestas asiáticas, onde se desenvolve sobre árvores mortas.

Já reparou que o shiitake, quando cortado ao meio, tem uma forma parecida com os rins?

Propriedades de Shiitake

Ao shiitake se atribui propriedades estimulantes das defesas imunológicas do corpo, principalmente contra agentes bacterianos e virais.

Também estão associadas propriedades hepatoprotetoras (proteção do fígado), de diminuição do colesterol e de combate à cárie dentária e à arteriosclerose.

O cogumelo shiitake, juntamente com reishi e miitake, está inserido entre os 'cogumelos que curam' em um livro escrito por Georges Halpern, um cientista envolvido em pesquisas sobre as propriedades curativas de cogumelos.

Este grupo de fungos seriam capazes de ajudar o corpo a agir contra o câncer, inflamações e bactérias. Os 'cogumelos da saúde' também ajudariam a controlar os sintomas da doença de Alzheimer e a contribuir para a saúde da flora intestinal.

Usos

O uso mais comum para os cogumelos shiitake é alimentar, como ingrediente típico das culinárias chinesa, japonesa e macrobiótica. São utilizados na preparação de sopas, estrogonofe, risotos, molhos, saladas e também podem ser usados como recheio em massas ou como temperos e ou acompanhamentos.

O shiitake pode ser usado inteiro, em pedaços ou somente com a parte de cima. Pode ser comprado fresco, que rende mais, ou desidratado que tem um sabor mais forte.

Mas o uso dos cogumelos shiitake vão além da cozinha pois, juntamente com outros tipos de cogumelos, são considerados medicinais e usados na fabricação de suplementos prescritos para tratamentos de imunidade baixa e para proteger as células do estresse oxidativo.

Contraindicações

foto: wikipedia

Existem contra-indicações para o consumo de shiitake à quem sofre de alergia ou que tenha sido submetido a transplante de órgãos.

Nota-se que ultimamente fala-se muito em cogumelos medicinais (um "novo business”?), mas nem todos concordam sobre o fato de os cogumelos serem saudáveis a todo custo. Algumas tradições do yoga, por exemplo, consideram que os fungos são alimentos de baixa energia vital, pois sendo algumas espécies parasitas, poderiam acumular toxinas nocivas ao nosso organismo.

Os fungos são heterótrofos por absorção, ou seja, obtêm alimento de outros seres vivos com os quais se associam, fazendo-se de decompositores, parasitas ou mutualísticos. Tal característica é lembrada por alguns profissionais que veem os fungos como verdadeiras esponjas, ou filtros, e cujo consumo deveria ser estritamente orgânico.

De qualquer forma, o conselho geral e compartilhado por todos é o de não exagerar no consumo de cogumelos.

Leia também:

setaGOJI BERRY: TUDO QUE VOCÊ QUERIA SABER SOBRE O FRUTO DA VIDA E DA LONGEVIDADE!

setaAS 6 SEMENTES DA SAÚDE

setaAS 5 LEGUMINOSAS MAIS SAUDÁVEIS DO PLANETA