Vacina Antincâncer: os Primeiros Resultados são Animadores

  • atualizado: 
melanoma vacina

O futuro da luta contra o câncer será uma vacina? Não sabemos! O que se sabe é que acabam de chegar os primeiros resultados de algumas vacinas contra tumores testadas nos Estados Unidos e na Alemanha.

A notícia vem da versão online da popular revista científica Nature, na qual se fala dos primeiros resultados de algumas pesquisas que estão sendo feitas para avaliar a possibilidade de criar se vacinas que ajudem a combater o câncer, especialmente o melanoma, que é o mais agressivo dos tumores da pele.

Trata-se de vacinas terapêuticas “inteligentes” que conseguem agir somente sobre eventuais mutações celulares malignas, evitando assim danos ao tecido saudável. Esta é a novidade: são vacinas personalizadas, ou seja, feitas especificamente para cada pessoa, com base no tipo de mutação à qual mormente se corre risco ou que já tenha sido apresentada.

Como explicou Michele Maio, diretor do Centro de Imuno-oncologia do Hospital Universitário de Siena:

"Estes dois estudos usam uma nova abordagem, em que a comunidade científica vem trabalhando há alguns anos: consiste em focar a atenção nas mutações que se acumulam nas células tumorais com o passar do tempo e que geram proteínas anormais completamente desconhecidas do sistema imunológico, específico do singular paciente. Até poucos anos atrás, teria sido impossível realizar vacinas assim personalizadas, mas hoje temos tecnologias que nos permitem sequenciar rapidamente o DNA a um baixo custo: estamos num ponto de viragem no que diz respeito às vacinas terapêuticas do passado".

No momento, as duas experimentações - realizadas em pequenos grupos de pessoas com alto risco de melanoma - obtiveram bons resultados em termos de segurança, bem como de eficácia. Nestas pesquisas trabalharam as equipes de Catherine Wu, do Instituto Dana-Farber, em Boston para Pesquisa sobre o Câncer e de Ugur Sahin, da empresa alemã BioNTech (Biopharmaceutical New Technologies).

Mas será necessário passar para a 2ª fase de experimentação, que irá abranger uma amostra maior pessoas, e que possa confirmar ou não o que foi alcançado até agora.

Os resultados até então são animadores e reacendem a esperança em se obter um método simples, eficaz e seguro que permita prevenir o câncer sem muito esforço.

Será que esta vacina realmente poderá se tornar realidade um dia? Veremos. Nesse meio tempo, a sugestão para ter boa saúde e evitar o câncer e outras doenças, continua a ser aquela da vovó: comer bem (comida caseira, saudável), dormir bem (sono restaurador), fazer atividade física com regularidade (adeus sedentarismo) e menos estresse possível (alegria!).

Leia mais sobre câncer:

seta

USE PROTETOR SOLAR: O ALERTA DE WOLVERINE CONTRA O CÂNCER DE PELE‏

setaCÂNCER: 8 REGRAS PARA PREVENIR OS TUMORES MALIGNOS

setaPREVENIR O CÂNCER DE MAMA COM BRÓCOLIS E BROTOS DE BRÓCOLIS