O rosto como mapa da saúde. Veja os sinais que você não deve subestimar

Como outras partes do corpo, o rosto também pode revelar algo importante sobre a saúde geral do nosso organismo. Aqui estão os sinais que devem ser observados.

A medicina ocidental dificilmente se dedica à análise de algumas características faciais para entender se o paciente está mais ou menos saudável. No entanto, é isso o que acontece na medicina tradicional chinesa, segundo a qual a língua, o cabelo, as unhas e também o rosto podem ser um espelho do que acontece dentro do corpo.

Para essa corrente da saúde oriental, a face seria conectada aos nossos órgãos de maneira muito precisa e, portanto, poderia ser uma espécie de mapa do que não podemos ver, a saber, o estado de saúde do estômago, dos rins, do fígado, etc.

Assim, as espinhas, mas também a vermelhidão, as bolsas sob os olhos e outros problemas que podem aparecer no rosto nos fornecem indicações úteis (a serem confirmadas sempre com a ajuda de um médico e com as devidas análises).

Especificamos que não existe uma verdadeira base científica, segundo os padrões ocidentais, para o mapeamento de faces chinesas, fundamentada em anos de observação e na crença de que a energia vital, o Qi, flui de e em direção aos órgãos ao longo de caminhos invisíveis.

É importante avaliar onde esses distúrbios aparecem, pois, como dissemos, todos os pontos da face correspondem a uma área interna do corpo.

Vejamos um a um.

Fronte

Esta área do rosto relaciona-se ao intestino delgado, um órgão influenciado principalmente pelo sistema nervoso. Linhas horizontais profundas na testa podem indicar um sistema nervoso hiperativo e problemas de saúde intestinal. Outras causas de problemas nessa área incluem más escolhas alimentares, particularmente o consumo de açúcares em excesso e carboidratos refinados.

Entre as sobrancelhas

Esta região reflete a saúde do fígado, um órgão que lida com a desintoxicação do corpo. Se o corpo está sobrecarregado com toxinas, alimentos difíceis de digerir e também emoções negativas, surgem problemas nessa área.

Contorno dos olhos

Quando o corpo está desidratado ou sob alto estresse, isso afeta negativamente os rins e se manifesta na forma de bolsas sob os olhos, olheiras, inchaço ou problemas inflamatórios no entorno das sobrancelhas.

Nariz

O nariz é dividido em duas partes, sendo a esquerda ligada ao lado esquerdo do coração e a direita, ao lado direito. Eventuais problemas podem se manifestar sob a forma de vermelhidão ou cravos, e a oleosidade dessa área da face pode ser um sinal de pressão arterial ou problemas de colesterol.

Bochechas

As bochechas estão conectadas ao estômago, ao baço e ao sistema respiratório. As bochechas vermelhas podem ser um sinal de inflamação do estômago, enquanto as espinhas podem estar ligadas à presença de alergias.

Boca

A boca é um espelho da situação do estômago e do cólon. Aftas e feridas na boca podem ser um sinal de úlceras estomacais ou indicar que você está seguindo uma dieta com muitos alimentos crus e frios que obrigam o estômago a trabalhar excessivamente para aquecer os alimentos.

Queixo

A mandíbula e o queixo correspondem ao sistema hormonal e reprodutivo. As espinhas nesta área podem ser um espelho de problemas do ciclo menstrual ou estresse excessivo.

Talvez te interesse ler também: 

Cabelo caindo – como melhorar a situação?

Saúde: 5 indicadores do nosso corpo

Saúde: um teste físico para calcular a expectativa de vida

Sobre Redação GreenMe

Redação GreenMe
greenMe.com.br é um site de informação sobre meio ambiente e saúde, criado para levar ao grande público, a consciência de que um mundo melhor é possível, através de um comportamento respeitoso com todas as formas de vida.

Veja Também

614G: a mutação que fez o coronavírus se espalhar pelo mundo

Vírus mutam. Dizem os virologistas que é da natureza deles mutarem para sobreviverem, e algumas …