Alcool-cigarro-jovens
Alcool-cigarro-jovens

Danos vasculares já na adolescência causados por tabagismo e álcool

Que beber em excesso ou fumar tem efeitos nocivos na saúde a longo prazo, todo mundo sabe. No entanto, tanto o álcool quanto o cigarro podem causar danos também a curto prazo, principalmente entre os jovens.

É o que mostra a pesquisa da Universidade College London e da Universidade de Bristol, do Reino Unidos, publicada no periódico científico European Heart Journal.

Segundo o estudo, jovens que fumam e bebem sofrem danos e enrijecimento das artérias já aos 17 anos.

A mudança arterial pode ser grave, tendo em vista que predispõe a problemas cardíacos, como AVC e infarto. A pesquisa foi feita com 1266 jovens, no período entre 2004 e 2008. Os pesquisadores avaliaram hábitos dos adolescentes e fizeram exames clínicos.

Cigarro x álcool

No Brasil, 18,5% dos adolescentes entre 12 e 17 anos já experimentaram cigarro, de acordo com pesquisa do Ministério da Saúde e da Universidade Federal do RJ (UFRJ). O hábito do tabaco está diminuindo entre os jovens, no entanto o do álcool ainda é bem preocupante. A Pesquisa Nacional de Saúde Escolar, divulgada pelo IBGE, em 2016, mostra que 55,5% dos jovens que estavam no último ano do ensino fundamental já tinham bebido alguma vez. Em 2015, essa taxa era de 50,3%, conforme divulgou a BBC.

Os danos às artérias causados pelo álcool e o fumo provocam uma lesão nos vasos, ocasionando a formação de placas e enrijecimento e estreitamento arterial. A rigidez e a diminuição aumentam a pressão sanguínea, elevando as chances de doenças cardiovasculares. Os efeitos são ainda piores quando há o consumo do fumo e do álcool em conjunto.

A boa notícia é que os prejuízos provocados às artérias podem cessar se o jovem parar de fumar e beber.

Prevenir é melhor que remediar, sempre! Jovem com doença de gente anciã não pode.

Talvez te interesse ler também:

COQUETEL SEM ÁLCOOL: 10 RECEITAS PARA BEBER O QUANTO QUISER

O ÁLCOOL AUMENTA O RISCO DE CÂNCER E PROVOCA DANOS GENÉTICOS PERMANENTES

ÁLCOOL, BINGE DRINKING E MORTE

Sobre Daia Florios

Daia Florios
Ingressou no curso de Ecologia pela UNESP e formou-se em Direito pela UNIMEP. É redatora-chefe e co-founder de GreenMe Brasil.

Veja Também

Criança de maquiagem: permitir ou proibir? Quais são os riscos?

Pode parecer inofensiva a ideia de meninas pequenas se maquiarem, afinal de contas, muitas mulheres …