Como os milionários do mundo estão “sobrevivendo” ao coronavírus

Como os milionários do mundo estão “sobrevivendo” ao coronavírus

Enquanto alguns políticos dizem que a economia está em colapso e resistem em dividir a riqueza produzida pelos países que governam entre a população, os milionários parecem não estar muito preocupados com os efeitos do novo coronavírus para as suas fortunas. Ou, se estão preocupados, é com a manutenção de suas vidas de conforto e privilégios.

Praticamente a maioria dos países do mundo está organizando planos emergenciais para salvar suas economias e oferecer o mínimo de dignidade para os mais vulneráveis. Uma massa de trabalhadores, sobretudo os informais, está sem emprego e sem renda, necessitando urgentemente de assistência governamental. Alguns até se arriscam e saem às ruas para ganhar o mínimo para o seu sustento e de suas famílias.

Mas esse tipo de preocupação parece estar longe da cabeça dos endinheirados do mundo, que estão desfrutando do isolamento social em seus iates privados, a fim de evitar a contaminação pelo coronavírus.

Não estamos no mesmo barco

As praias caribenhas da América Central receberam os iates de vários milionários, como Tommy Hilfiger, o co-fundador do Google, Sergey Brin, e bilionário russo Roman Abramovich, dono do clube de futebol inglês Chelsea, segundo informa a Revista Fórum.

Literal e simbolicamente, não estamos todos no mesmo barco da pandemia, que acaba sendo seletiva. Não dá para comparar o nível de proteção de quem está isolado em uma ilha e de quem precisa entrar em um transporte público e aguarda pela distribuição de uma renda mínima.

O jornal estadunidense The New York Times já havia feito uma matéria sobre como o mercado de luxo reagiria à pandemia:

“Viajantes que estavam planejando férias em países afetados, com a Itália, estão optando por se isolar em iates, para aproveitar o sol do Mediterrâneo longe das costas infectadas”.

Ricos estão encarando o isolamento como férias. Vale lembrar que dentro desses iates estão trabalhadores que mantêm os serviços de cozinha e limpeza para que os seus chefes possam usufruir de boa comida e bebida observando o mar do Mediterrâneo ou do Caribe.

Talvez te interesse ler também:

Idosa em isolamento fica famosa ao fazer um pedido inusitado

Mulheres são as verdadeiras líderes contra o coronavírus. Os países governados por elas são os que melhor respondem à crise

Advogada alemã negacionista do coronavírus é internada em clínica psiquiátrica

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *