Pawel Kuczynski

Contradições da raça humana nas ilustrações de Pawel Kuczynski

Exploração infantil, crise econômica, lobby, meio ambiente e direitos dos animais. Todas estas questões, e muitas outras, estão na arte satírica do ilustrador polonês Pawel Kuczynski, que usa a boa e velha ironia para retratar a atual realidade social, política e cultural em que vivemos.

À primeira vista, suas ilustrações podem parecer engraçadas mas, depois de um olhar mais cuidadoso, se revelam os grandes problemas do mundo. Cada criação esconde um significado simbólico bem preciso, voltado para “denunciar” os aspectos políticos e sociais da era contemporânea. Suas obras tocam a opinião pública, despertando no observador uma atenciosa reflexão.

foto

Com a sensibilidade baseada na forte crítica social, o artista reflete sobre a vida mostrando os absurdos e as contradições da espécie humana, sendo capaz de atingir e comover cada um de nós. “Eu me considero um observador de tudo o que acontece ao meu redor e acredito que os artistas possam transformar tudo”, disse o ilustrador.

foto

foto

foto

foto

Nascido em 1976, Pawel se formou Artista Gráfico pela academia de Belas Artes de Poznan. Já recebeu 92 prêmios em vários concursos nacionais e internacionais. Seu último prêmio, “Eryk”, em 2005, foi oferecido pela Associação Polonesa de Cartunistas. As suas obras já foram expostas em diversas mostras ao redor do mundo.

Veja aqui a página Tumblr do artista.

Sobre Daia Florios

Daia Florios
Ingressou no curso de Ecologia pela UNESP e formou-se em Direito pela UNIMEP. É redatora-chefe e co-founder de GreenMe Brasil.
Anterior Plastic Paradise: toda a verdade sobre a ilha de plástico no Pacífico
Próximo Glamping: as barracas para os amantes do acampamento de luxo

Veja Também

Ailton Krenak

Ailton Krenak vence prêmio literário com sua obra “Ideias para Adiar o Fim do Mundo”

O líder indígena Ailton Krenak ganhou o 62º Troféu Juca Pato, oferecido pela União Brasileira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *