Saião, uma planta medicinal para gastrite e muito mais!

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Kalanchoe brasiliensis e Kalanchoe pinnata são as duas espécies de saião de que vamos falar aqui pois, têm usos semelhantes na medicina popular brasileira.

Saião – ou folha-da-fortuna, coirama, folha-da-costa ou orelha-de-monge – é uma planta usada há séculos por suas capacidades de cura.

USOS MEDICINAIS DO SAIÃO NA MEDICINA POPULAR BRASILEIRA

As principais indicações de uso do saião são no tratamento de

  1. infecções pulmonares,
  2. erisipela,
  3. queimaduras,
  4. feridas,
  5. frieiras,
  6. verrugas,
  7. indigestão,
  8. úlcera,
  9. gastrite,
  10. dores de estômago,
  11. furúnculos,
  12. febre amarela,
  13. inflamação de ovários,
  14. tumores diversos,
  15. reumatismo,
  16. icterícia,
  17. hemorroida e muito mais.

PROPRIEDADES MEDICINAIS

Os bons resultados desses tratamentos com saião são derivados das suas propriedades medicinais:

  1. ação anti-hipertensiva,
  2. anti-inflamatória,
  3. antimicrobiana,
  4. cicatrizante e
  5. emoliente.

Sua folha é usada no preparo de chás, pomada, cataplasma, suco ou tintura.

O CHÁ DE FOLHAS DE SAIÃO

O chá da folhas de saião deve ser feito com 3 colheres de sopa de folhas frescas picadas, 250 ml de água fervente, tampar e deixar repousar por 5 minutos, coar e beber 2 xícaras ao dia.

Essa mesma proporção se usará para fazer gargarejos, lavar feridas, queimaduras, frieiras e lesões de erisipela.

Para tratar verrugas, deve-se usar a tintura feita pela decocção das folhas.

COMO FAZER REMÉDIO CASEIRO DE FOLHAS DE SAIÃO

Veja no vídeo abaixo uma receita interessante:

OUTRAS INDICAÇÕES E COMO USAR (RECEITAS ESPECÍFICAS)

Algumas indicações específicas que encontrei neste site são bastante interessantes já que ele contém informações que podem ser confirmadas pela sua seriedade.

● Diurético, eliminador de cálculos renais e do inchaço das pernas; distensão dos vasos linfáticos: coloque 1 colher de sopa de folhas fatiadas em 1 xícara de chá de água em fervura. Deixe ferver por 3 minutos e coe. Tome 1 xícara de chá 2 vezes ao dia.

● Afecções da pele, pruridos, coceiras, irritações, dermatites e eczemas: picadas de inseto; queimaduras simples: lave bem e enxugue as folhas frescas. Em um pilão, coloque 3 colheres de sopa de folhas fatiadas. Amasse até adquirir a consistência de uma pasta. Espalhe sobre um pano ou gaze e aplique nos lados afetados, 2 vezes ao dia. Cubra com um outro pano e deixe agir por 15 minutos.

● Calmante da tosse; cicatrizante estomacal e intestinal: em um pilão, coloque 1 colher de sopa de folhas, amasse bem e adicione 1 xícara de chá de leite. Misture bem e coe. Tome 1 xícara de chá, 2 vezes ao dia, entre as principais refeições.

● Inflamação e dor de ouvido, nevralgias: em um pilão, coloque 2 colheres de sopa de folhas fatiadas e 1 colher de sopa de glicerina. Amasse bem e coe em uma peneira. Aplique, de 2 a 3 gotas no ouvido dolorido, 2 vezes ao dia. No caso de nevralgias, aplique com um pano, no local afetado, de 2 a 3 vezes ao dia.

ESTUDOS CIENTÍFICOS

Outro uso bastante interessante das folhas do saião é no tratamento da leishmaniose, objeto de pesquisas científicas e bons resultados obtidos.

Confira alguns dos estudos sobre as boas propriedades medicinais do saião:

1. Avaliação do potencial farmacológico de Kalanchoe brasiliensis

2. Avaliação do efeito antitumoral da kalanchoe brasiliensis sobre o sarcoma 180 em camundongos

3. Atividade inibitória das folhas e caule de Kalanchoe brasiliensis Cambess frente a microrganismos com diferentes perfis de resistência a antibióticos

4. Hepatoprotective activity of leaves of Kalanchoe pinnata Pers.

5. The antileishmanial activity assessment of unusual flavonoids from Kalanchoe pinnata 6

6. Anti-tumor Promoting Activity of Bufadienolides from Kalanchoe pinnata and K. daigremontiana × butiflora

PROCURE UM MÉDICO

É sempre útil indicar a consulta médica mesmo para o uso de plantas de reconhecida eficácia pelo uso popular. Consulte um médico para se assegurar do diagnóstico, das doses, do tempo de tratamento e se persistirem os sintomas.

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Alice Branco Weffort é engenheira agrônoma, especializada em Gestão do Meio Ambiente, Direito Ambiental e Ecologia dos Solos, apaixonada por plantas medicinais e remédios caseiros.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Instagram
Siga no Facebook