Manjericão: usos, benefícios e como cultivar

manjericão

Tem gente que chama de alfavaca, tem quem conheça por manjericão ou basilico. É a mesma erva aromática, boa de cozinha e de cura.

Na verdade, a espécie Ocimum basilucum tem 64 variedades, a sua maioria oriundas da região mediterrânica pois, nativas de regiões tropicais e subtropicais (se supõe que seja originário da Índia). O manjericão miúdo é usado em vasos, na Grécia e Portugal, para presentear os amores, em festas populares. Com o manjericão de folha larga (mais conhecido como alfavaca) se fazem aquelas trouxinhas recheadas. Também existe o manjericão roxo, super cheiroso e muito usado como ornamental mas, que vai muito bem na comida.

Antigamente a água de manjericão era usada como perfume (algumas variedades são mais odoríferas que outras) e, até os dias de hoje o manjericão é usado em banhos de cheiro, para relaxar e curar o corpo e a alma. Dizem que “uma folhinha de manjericão, ao dia, na comida, te livra da visita do médico” - não sei mas faço, aliás, é uma delícia.

De tempos imemoriais que o manjericão é usado em rituais espirituais pois se diz que seu aroma "abre a porta do espírito e nos conecta com o alto". É muito usado em todas as giras da umbanda brasileira, onde sempre se tem um ramo de manjericão para benzimentos e descargas. Simbolicamente, o manjericão é um apaziguador do espírito atuando na dissolução de energias pesadas, nas raivas, nos descontroles emocionais e na "abertura do véu".

Propriedades de manjericão

O manjericão é rico em vitaminas, minerais, flavonóides e antioxidantes, útil para proteger o corpo do envelhecimento e para combater os efeitos dos radicais livres. É uma erva com vigorosas propriedades anti-inflamatórias e anti-bacterianas, analgésica, antitérmica, antiséptica, digestiva, emenagoga, expectorante e sedativa.

Além disso, manjericão promove a digestão e o correto funcionamento do estômago. Se aconselha privilegiar o seu consumo cru, como complemento de saladas e molhos, como tempero que você joga ao final do assado, por cima, para que não perca seu valor nutricional e curativo. Também é considerado um tônico para o sistema nervoso e para a mente, em particular em caso de stress, a fadiga e cansaço.

Indicações de uso do manjericão na medicina popular

Infecções da pele e vias respiratórias, rachaduras nos mamilos, bronquite, cólicas, febres, flatulência, insônia, problemas digestivos, reumatismo. Em problemas cardíacos e venosos também teu boa aplicação tanto como chá como compressa (nas varizes se coloca um macerado de folhas de manjericão).

Mas não só nestes caso o manjericão é indicado. Dê uma lida também nesses nossos artigos abaixo que indicam ervas com ação comprovadamente anticâncer e outras que devem ser usadas para uma boa e tranquila gravidez:

10 SUPER ALIMENTOS PARA A GRAVIDEZ

5 ERVAS AROMÁTICAS ANTICÂNCER

Óleo essencial de manjericão

Este óleo é muito útil em casos de estresse físico e emocional. Na aromaterapia é usado em casos de insônia, dores de estômago e indigestão. Para acalmar a tosse e resfriado são indicadas vaporizações com óleo essencial de manjericão em água ou soro fisiológico e, diluído em uma base de óleo vegeta, é excelente para massagem de músculos engarrotados.

Leia mais: ÓLEOS ESSENCIAIS: O QUE SÃO E AS DOSES JUSTAS PARA UMA ÓTIMA UTILIZAÇÃO

O que têm no manjericão?

De acordo com as tabelas do Centro de Pesquisa de Alimentação e Nutrição, da Itália, que é um país que consome manjericão à toda hora temos que: 100 gramas de manjericão contêm 26 mg de vitamina C, 300 mg de potássio, 250 mg de cálcio, 37 mg de fósforo, e 39 calorias, boa fonte de vitaminas A, E, B3, B6, magnésio e zinco e uma pequena parte de proteína.

Usos culinários

O mais famoso uso culinário do manjericão é o molho pesto que, com azeite de oliva e nozes compõe o molho mais versátil para massas, pizza, passar no pão, ou comer da forma que você mais gostar.

Outro uso muito difundido é - manjericão com tomate. Em molho, ou salada, o manjericão dá um “gostinho especial” que não pode faltar. Mas, também com batatas cozidas, berinjela ao forno ou, enfim, etc, etc.

Abaixo, algumas das nossas receitas em que o manjericão entra com fartura:

GAZPACHO: A RECEITA ORIGINAL E OUTRAS 10 VARIANTES

TORTINHA DE ARROZ COM CÚRCUMA E MANJERICÃO

Cultivar manjericão em casa é bom

O manjericão pode ser plantado a partir de sementes se você já tem experiência com o cuidado do jardim. É mais fácil semear e ter bons resultados no início da primavera. Mas, o mais fácil mesmo é você comprar algumas mudas bem formadas e transplantá-las diretamente para seus vasos na varanda ou para os canteiros no jardim.

Manjericão gosta de sol, de água (mas não suporta encharcamento da terra) e de ventilação (mas não de correntes de vento constantes). No verão, ou quando o calor está acima dos 25ºC, você deverá regar o seu manjericão de manhã, antes do sol, e à noite.

E você também pode reproduzir o manjericão a partir de estacas que são galhos mais grossos, com 3 a 4 entre nós, sem as folhas (para que a planta direcione sua força para o enraizamento), que você deixará um dias em um copo de água, na sombra, até aparecerem as primeiras raízes. Assim, de uma boa muda de manjericão que você compre, no ano seguinte poderá tirar 2 ou 3 estacas e constituir outras plantas.

Veja mais: 8 PLANTAS MEDICINAIS FÁCEIS DE SE CULTIVAR EM CASA

Você também terá o benefício, se cultivar manjericão, da sua ação repelente de insetos: 18 PLANTAS QUE VÃO TE AJUDAR A REPELIR OS INSETOS DA CASA E PRAGAS DO JARDIM e poderá juntar as folhas de manjericão naquele repelente caseiro que te ensinamos a fazer.

Bom, com manjericão no jardim, se sentir está ficando doente tome um bom banho de ervas e inclua manjericão na sua escolha. Desde já adianto que manjericão é uma erva universal, pode ser usado por todos, até crianças, e também se pode lavar a cabeça com ele, sem medo de ser feliz.

Leia também:

BANHOS DE ERVAS: TERAPÊUTICOS E PRÁTICOS PARA O DIA A DIA

COMO PLANTAR GENGIBRE E TER SEMPRE EM CASA ESSE REMÉDIO NATURAL