Morar

Espada de São Jorge – Para que serve, como cuidar e plantar

Espada de São Jorge
  • por Cíntia Ferreira

Uma das plantas mais conhecidas é a Espada de São Jorge. Presente em muitas casas, ela tem função protetora e pode dar aquela ajudinha para afastar más energias. Além disso, a ciência já comprovou que essa plantinha absorve elementos tóxicos do ambiente, purificando o ar. De fácil manutenção, a Espada de São Jorge fica linda na decoração. Quer saber mais sobre ela, dicas de como cuidar e plantar? Saiba abaixo.

Como limpar aspargos?

  • por Gisella Meneguelli

Ele é tão gostoso quanto caro (infelizmente) e combina bastante com esse clima do inverno brasileiro. Estamos falando de aspargos! Para quem quiser e puder se dar, de vez em quando, um presente gastronômico, aspargos são uma aposta certeira.

Cebola: como descascá-la sem chorar

cortar-cebola
  • por Redação

A cebola, provavelmente, é o tempero mais amado do Brasil. É difícil alguém que abra mão de cozinhar sem ela. Também pudera: o aroma da cebola dourando no azeite e o sabor que ela dá aos pratos dão um toque especial. Mas descascar cebola nem sempre é agradável: as lágrimas que ela provoca incomodam. Será que há solução para esse problema?

10 maneiras de usar cascas de banana na horta e no jardim

cascas de banana
  • por Redação

Na horta e no jardim, vários métodos e produtos naturais podem ser úteis, incluindo as cascas da banana. Vamos descobrir então a melhor maneira de usá-las para cuidar da terra e das plantas.

O nível de fofura explodiu: que tal pegar aquele cineminha com o seu cachorro?

cineminha com cachorro
  • por Gisele Maia

A K9 Cinemas já vinha agradando seu público por oferecer noites temáticas e a chance de assistir na telona a séries de sucesso como Games of Thrones. Mas agora, a rede do Texas, criada em 2018, resolveu dar um golpe baixo de fofura e liberou a entrada de cães nas sessões.

Rhadija, a cadelinha de 7 anos que nunca engravidou, adota e amamenta três gatinhos

Rhadija
  • por Deise Aur

A cada dia, os animais nos surpreendem com sua sensibilidade natural, sem pensar, seguem o instinto e agem com inteligência. Um exemplo disso se deu com a cadelinha de 7 anos, em São Félix do Araguaia (MT), que é animal de estimação da bióloga Alzira Cristhina Bandeira Setúbal, adotada por ela em dezembro de 2011.

Cães de rua são alimentados por comedouros e bebedouros gratuitos em Fátima do Sul

Cães de rua
  • por Eliane A Oliveira

Já imaginou se cães e gatos abandonados nas ruas conseguissem matar a fome e a sede sozinhos? Aposto que muitas pessoas já pensaram nisso ou já ajudam cãezinhos abandonados dando comida e água para eles. No entanto, nem sempre é possível sair pelas ruas alimentando esses pobres animais. Por isso, uma comerciante do município de Fátima do Sul instalou dispositivos que liberam comida e água para os bichinhos de rua. Quer saber como funciona? Acompanhe esta notícia!