BagAj, a "bicicleta-ferreiro", pedalada para enfrentar a crise e valorizar o meio ambiente

BagAj, a

Uma bicicleta inconfundível vagueia pelas ruas de Parma, na Itália, valorizando não só o ambiente, mas também os antigos ofícios. A bike realizada em 5 meses, foi inicialmente usada apenas para fazer compras, mas hoje tornou-se um negócio.

Pedalada por Alessandro Mercadanti, jovem de 33 anos e ferreiro desde os 18, descalço, vestindo roupas coloridas que realçam seus profundos olhos escuros, cheios de entusiasmo. Alessandro é um cara especial, que espalha sorrisos por onde passa.

Este jovem, que alguém chamaria de "alternativo", em tempos de crise inventou um emprego. Ou melhor, redescobriu uma profissão que está cada vez mais esquecida, o ferreiro. E com um olhar para o meio ambiente.

BagAj, o nome da bici, é uma bagagem de vida que Alessandro leva consigo sobre o veículo de duas rodas, um verdadeiro baú de tesouros materiais e de antigos conhecimentos: bijoux feitas com o reciclo de garfos e colheres e instrumentos para trabalhar na manutenção da casa das pessoas.

A ideia é voltar ao tempo, valorizar as coisas consertando-as em vez de comprar outras novas. O fato de pedalar descalço é um convite à simplicidade da vida e à desaceleração do mundo frenético em que vivemos.

Visite sua página Facebook, clicando aqui.

Abaixo uma entrevista com Alessandro, para quem entende ou gosta de ouvir o idioma italiano.

Como já dissemos em alguma outra ocasião, a criatividade e a vontade resolvem qualquer crise :)