Carolina Marcelino
Carolina Marcelino

Carolina Marcelino, a brasileira premiada pela União Europeia: única americana entre pesquisadores do mundo inteiro

Uma jovem cientista brasileira acaba de receber um importante prêmio internacional.

Carolina Marcelino, que é pós-doutoranda do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe/UFRJ), foi vencedora do Prêmio Marie Curie Fellow, concedido pela União Europeia.

Como explica o site da UFRJ, a premiação integra um programa da Comissão Europeia que tem a finalidade de financiar pesquisadores do mundo inteiro em diversas áreas do conhecimento. Concorrem à premiação jovens cientistas de todo o mundo.

Além de Carolina, oito pesquisadores receberam a condecoração este ano, seis europeus, um chinês e ela, do BRASIL.

A pós-doutoranda é supervisionada pelo professor Carlos Eduardo Pedreira, do Programa de Engenharia de Sistema e Computação, que atua na linha de pesquisa de Inteligência Artificial. Com o prêmio, a pesquisadora firmará um contrato no valor de € 4.500 mensais, pelo período de dois anos, para desenvolver o seu trabalho na Universidade de Alcalá, na Espanha.

Energia renovável

Carolina explica que o seu projeto de pesquisa se baseia no “aprendizado de máquina (machine learning), combinado com heurísticas de otimização e métodos de tomada de decisão para a geração de energia renovável”. A pesquisadora manterá o vínculo com a UFRJ, visto que o prêmio também reflete um trabalho de parceria:

“É uma conquista do nosso grupo e da Coppe, que é uma instituição de referência”.

Pedreira destaca que o reconhecimento do trabalho de Carolina mostra o comprometimento das pesquisas realizadas na Coppe, reafirmando a excelência internacional do programação de pós-graduação. 

Talvez te interesse ler também:

O AMOR DE MÃE E A FORÇA INDÍGENA: FOTO GANHA PRÊMIO INTERNACIONAL

DAVI KOPENAWA, O ‘DALAI LAMA DA FLORESTA’ RECEBE O PRÊMIO NOBEL ALTERNATIVO POR SUA LUTA PELOS DIREITOS DOS POVOS INDÍGENAS

PRESIDENTE BOLSONARO GANHA O PRÊMIO ‘RACISTA DO ANO’ EM LONDRES

Sobre Gisella Meneguelli

Gisella Meneguelli
É doutora em Estudos de Linguagem, já foi professora de português e espanhol, adora ler e escrever, interessa-se pela temática ambiental e, por isso, escreve para o GreenMe desde 2015.

Veja Também

Pesquisa brasileira descobre que cascas de arroz e café tratam lixo radioativo

Imagine grandes quantidades de rejeitos radioativos, perigosos para o meio ambiente e para a saúde …