Ipaam investiga o caso dos periquitos mortos em Manaus

Ipaam investiga o caso dos periquitos mortos

Quem não viu o absurdo que aconteceu na cidade de Manaus? Em frente a um condomínio de luxo da capital amazonense foram encontrados 200 periquitos mortos.

Na manhã de quinta-feira, 26, dezenas de periquitos foram encontrados mortos, supostamente envenenados, na Avenida Efigênio Sales, próximo ao Condomínio Residencial de mesmo nome, na zona Centro-Sul de Manaus. O caso repercutiu nas redes sociais e a população local organizou uma manifestação no sábado, 29.

O Ipaam (Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas) está investigando o caso. Ontem de manhã a equipe do Instituto se reuniu com o síndico do condomínio para que seja implementada as medidas de manejo requerida pelo Ipaam para a integridade dos animais. À tarde, a equipe coletou amostras das telas colocadas nas palmeiras do condomínio com a ajuda do Corpo de Bombeiros e dos peritos da Delegacia do Meio Ambiente. Amostras de sangue e tecidos dos animais também foram coletados para a necropsia. O material colhido será encaminhado para exame toxicológico na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Depois desta barbaridade, onde pessoas de alto poder aquisitivo, provavelmente para não serem "disturbadas" pelos periquitos que repousam nas palmeiras de seu condomínio, colocaram telas envenenadas nas copas destas árvores, só podemos esperar pelo esclarecimento dos fatos, juntamente com com a punição dos culpados. Quem sabe com uma boa multa para ser usada na conservação das nossas espécies e, acima de tudo para que o exemplo não se repita. Que o caso sirva para informar a todos que, com animais, não se brinca.

Leia também: Momento fofura: família ursa unida atravessa um riacho

Fonte fotos: facebook.com