Pinguins no Brasil

O pinguim, como todos sabem, não é um animal nativo do Brasil, mas isso não significa que para vermos estes bichos seja preciso ir ao zoológico ou aos parques aquáticos. Neste ano, treze pinguins foram resgatados no litoral da Bahia, mais precisamente nas praias da capital Salvador. As aves encantam pela sua beleza, no entanto, a ordem não é receber os pinguins com abraços e alimentos inadequados, estes animais precisam de tratamento adequado assim que chegam ao Brasil.

Os pinguins que chegam ao país são aves migratórias que se perdem durante a sua rota. Durante o percurso, passam por diversas partes do mundo carregando vários tipos de doença, inclusive algumas que podem contaminar os seres humanos. Além disso, o desgaste por se perder de sua rota, deixam os animais extremamente debilitados.

Para se recuperar os pinguins recebem alimentação especial, hidratação e medicação para recuperarem o peso e voltarem a boa forma. E uma vez que isso acontece, são transferidos da gaiolas onde ficam para se restabelecer direto para uma piscina salgada artificial, onde ficam quase o dia inteiro.

Todos os pinguins são jovens e vem da Patagônia chilena e argentina e, devido a sua juventude e inexperiência (essa seria a primeira imigração das aves), se perdem no caminho. Mas não é só por isso que o animais se perdem, segundo os especialistas, os efeitos do fenômeno “El Niño” afeta as águas dos mares e sua temperatura e atrapalhando a orientação dos pinguins.

E como o fenômeno ainda está em andamento, a tendência é que o Brasil receba mais bichinhos ainda este ano.

Esta não é a primeira vez que o Brasil entra na rota dos pinguins desorientados. O litoral do Rio de Janeiro também costuma receber os visitantes e, assim como acontece na Bahia, recebem tratamento completo para se recuperarem da estafante viagem migratória.

Uma vez recuperados, os pinguins são devolvidos ao mar no litoral do Rio Grande do Sul ou Espírito Santo. Isso acontece porque é mais fácil para os pinguins pegarem a correnteza certa e encontrarem o caminho de volta para casa.

Leia também:

ENTENDA O CASO DO ESTUPRO DE PINGUINS POR FOCAS, NA ANTÁRTIDA

Fonte foto: freeimages.com