Desmatamento da Amazônia cresceu quase 3 vezes em setembro

  • atualizado: 

Desmatamento da Amazônia cresceu quase 3 vezes

O avanço do desmatamento na chamada Amazônia Legal atingiu 402 km² no fatídico mês de setembro deste ano – o que significa um crescimento da ordem de 290%, em comparação a setembro de 2013 – com seus 103 km² desmatados.

O desastre foi identificado pelo Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD), que é feito pela organização de pesquisa Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), da cidade de Belém (PA), no Norte do país.

A perda florestal acumulada entre agosto a setembro de 2014 - chega a 838 km², ou seja, crescimento de 191%, se comparado ao mesmo período de 2013 – com 288 km².

É importante destacar que, em setembro de 2014, o monitoramento atingiu 93% da Amazônia Legal, em contrapartida à medição de 2013, que apenas conseguiu verificar 79% da área da Amazônia Legal, devido a presença de nuvens.

Dados sobre a distribuição territorial de desmatamento

O Imazon aponta dados sobre como se configura, em termos territoriais, o desmatamento. Vejamos: mais da metade do desmatamento – 59% - foi localizado em áreas privadas; seguido por assentamentos de reforma agrária – 20% – Unidades de Conservação – 19% - e terras de índios – 2%.

Em termos de distribuição por estados, temos:

1º - Rondônia – 32%;

2º - Pará – 23%;

3º - Mato Grosso – 18%;

4º - Amazonas – 12%;

5º - Acre 10%;

6º - Roraima – 4%;

7º - Tocantins – 1%.

Já a distribuição por municípios, se configura da seguinte maneira:

1º - Nova Mamoré (RO) - 53,1 km²;

2º - Novo Progresso (PA) - 30,1 km²;

3º - Colniza (MT) – 25,5km².

Dados complementares sobre degradação de florestas

Foram divulgados pelo Imazon também os números referentes à degradação de florestas, ou seja, áreas que sofreram perdas, seja por queimadas, exploração econômica e outros, mas que ainda podem ser recuperadas, pois não foram suprimidas totalmente.

No mês de setembro de 2014, as florestas degradadas na Amazônia Legal somaram 624 km². A comparação com o mesmo período de 2013 mostra um crescimento da ordem de 3.797%, quando a degradação somou 16 km².

Leia também: Quando houve menos desmatamento no Brasil?

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!