Um infográfico para acabar com o ceticismo quanto às causas do aquecimento global

Você certamente já deve ter lido – e ouvido – declarações de pessoas que não acreditam no aquecimento global nem nas mudanças climáticas. Ou, ter tido que rebater argumentos de que, mesmo que tal aquecimento esteja de fato ocorrendo, é “algo normal”, “cíclico”, “da natureza”... Utilizando nada mais do que a estatística, a Bloomberg Business elaborou um infográfico que poderá te auxiliar muito em futuras discussões.

Os cálculos foram feitos a partir de dados do Instituto Goddard para Estudos Espaciais, da NASA, com o intuito de mostrar como as diferentes causas têm contribuído para a elevação da temperatura do planeta. O infográfico as divide em causas naturais e humanas – sendo as primeiras, mudanças na órbita, no comportamento do sol e atividades vulcânicas e as segundas, uso da terra, poluição por ozônio, aerossóis, e emissão de gases do efeito estufa.

O período compreendido pelos dados vai do ano de 1880 até 2005 (mais detalhes da metodologia podem ser encontrados na parte inferior da página do infográfico).

A evolução das linhas – cada uma representando uma das causas – deixa claro que o aquecimento da superfície do planeta, já comprovado de +0,8ºC, tem muito de sua origem nas ações humanas. O item que mais destoa e que “puxa” os graus para cima é justamente a emissão de gases do efeito estufa. Por outro lado, as variações na temperatura oriundas de eventos naturais permanecem dentro da média histórica observada.

Leia também: MUDANÇA CLIMÁTICA: O PLANO DE OBAMA QUE PROMETE REDUZIR AS EMISSÕES

Mesmo para quem já acompanha o assunto e não precisa de nenhum tipo de “comprovação” adicional, o infográfico traz uma visão geral bastante interessante – além de servir de insumo para futuras argumentações, claro.

E, para os céticos, bom... resta-lhes a realidade dos fatos.