O maior aquífero do mundo fica no Brasil

maior aquífero do mundo fica no Brasil

Lembram-se daquele papo de que a Amazônia deveria ser de “propriedade” mundial e não restrita a uma ou algumas poucas nações? Bom, essas ideias não surgem por acaso, há uma razão para isso, e uma delas – entre várias outras – é o fato de existir uma reserva subterrânea de água doce suficiente para abastecer o mundo todo por 250 anos.

Adivinha onde fica esse importante aquífero? Correto, na parte brasileira da Floresta Amazônica e é muito pouco utilizado.

Um aquífero é uma formação ou grupo de formações geológicas capazes de armazenarem água subterrânea.

Até o ano de 2013, o aquífero era conhecido como Alter do Chão, quando estudos foram feitos por pesquisadores da Universidade Federal do Pará (UFPA), mostraram que o reservatório era maior do que o estimado anteriormente e decidiram por uma nova definição, SAGA.

O imenso lago se estende sobre a também imensa bacia do Rio Amazonas. De acordo com a pesquisa da UFPA, as reservas deste aquífero possuem uma extensão de aproximadamente 162.520 km³, a maior já descoberta pelo homem.

Toda essa imensidão, que se alonga pelas bacias de Marajó (PA), Solimões (AM) e Acre, possui uma reserva de água equivalente a 150 quatrilhões de litros, número que seria suficiente para abastecer o planeta por 250 anos, no mínimo, segundo Matos.

Mas o acesso a toda essa água é a questão. Apenas 5% da população brasileira vive na Amazônia, que reúne a maior parte dos 12% de toda a água doce do mundo que ficam em território nacional.

Ainda assim o aquífero possui reservas mais do que suficientes para auxiliar as regiões brasileiras, principalmente o semiárido nordestino. O grande problema é que seriam necessárias obras colossais para transportar tanta água, algo ainda impensável.

E este não é o único aquífero imenso no Brasil:

foto: seplan.am.gov

Leia também: Brasil: por que crise hídrica?