Nascente do Rio São Francisco volta a jorrar água

Nascente Histórica do Rio São Francisco

Finalmente o Velho Chico saiu da UTI! Devido à seca sem precedentes, observou-se, pela primeira vez, a interrupção do fluxo de água na principal fonte do rio da integração nacional, como também é conhecido.

Após quase três meses, voltou a jorrar água na nascente histórica do Velho Chico, no Parque Nacional Serra da Canastra, em Minas Gerais.

A recuperação se deveu às fortes chuvas que têm ocorrido, com frequência, na região.

Apesar dos sinais de reação, que incluem também a rebrota da vegetação do Parque, a situação ainda é preocupante. Calcula-se que, para que a vazão do rio volte ao volume normal, será preciso chover 30% acima da média histórica do período de dezembro a fevereiro.

A seca ocorrida, além de ter favorecido a ocorrência de incêndios florestais e diminuído a capacidade de geração de energia pelas usinas hidrelétricas que funcionam ao longo do rio, chegou a causar o temor de desabastecimento humano.

Com a volta das chuvas e a “ressurreição” da nascente, diversos pontos voltaram a ser tomados pelas águas, inclusive com a formação de piscinas naturais, o que agradou a ambientalistas e aos visitantes do Parque da Serra da Canastra.

Leia também: A nascente do Rio São Francisco secou...

Fonte fotos: Marcio Francisco Martins, via Wikimedia Commons