Noz-de-cola – Todos os Benefícios e Contraindiçações

Noz-de-cola – Todos os Benefícios e Contraindiçações

A noz-de-cola é o fruto da planta pertencentes ao gênero Cola, da subfamília Sterculioideae (Malvaceae). As espécies mais comuns desta planta são encontradas na África Ocidental e na Indonésia. Esta planta contém um total de 125 espécies.

A noz-de-cola pode ser encontrada, de forma nativa, nas Áfricas Ocidental e Central, regiões de climas quentes e úmidos. A utilização de suas amêndoas foi difundida na região norte da América Latina, através dos escravos negros que mascavam colas para suportarem os trabalhos pesados. Da amêndoa da noz-de-cola se extrai o xarope de cola, utilizado como ingrediente na formulação do refrigerante de cola.

A noz-de-cola, originalmente, era utilizada como matéria-prima para fabricação de refrigerantes, com o passar do tempo foi substituída por aromatizantes artificiais para economizar custos da produção em massa. Como características, a noz-de-cola apresenta gosto amargo e tem alto índice de cafeína, além de conter teobromina, ambas substâncias conferem propriedades tônicas e estimulantes, principalmente para o sistema nervoso, cérebro e coração.

Tem pessoas que utilizam a noz-de-cola no lugar do café ou do cacau.

Para saber mais sobre a noz-de-cola, serão abordados os seguintes itens neste conteúdo:

{index}

Propriedades

A noz-de-cola apresenta as seguintes propriedades:

  • ação estimulante
  • regularizadora da circulação sanguínea
  • tônica e revigorante
  • excitante e estimulante dos sistemas nervoso e muscular
  • antidiarreica
  • antianêmica
  • auxilia em quadros de convalescença de doenças graves
  • trata problemas estomacais
  • alivia enxaqueca
  • regulariza perturbações funcionais do coração

Benefícios

Alguns dos benefícios que se pode obter com o consumo regular da noz-de-cola são os seguintes:

  • Melhora quadros de depressão
  • Diminui estado de exaustão
  • Alivia sintomas de síndrome da fadiga crônica (SFC)
  • Corta disenteria
  • Combate diarréia
  • Trata anorexia
  • Elimina dor de enxaqueca
  • Combate fadiga mental e física
  • Atua como estímulante sexual

A noz-de-cola, devido às sua propriedades tônicas, fortificantes e estimulantes, contribui para a melhora dos desempenhos físico e mental e da disposição nas várias atividades do dia a dia, tais como:

  • funções no trabalho;
  • atividades esportivas;
  • atividade física como a dança;
  • desempenho sexual;
  • trabalhos que exigem concentração, entre outras.

Como consumir a Noz-de-Cola

A noz-de-cola pode ser consumida em pó, sendo acrescentada ao café, chocolate quente ou chá. A dosagem recomendada é uma colher de chá desse pó.

Onde encontrar para comprar?

Pode encontrar noz-de-cola em lojas de produtos naturais ou de suplementos alimentares. Existem também lojas online que vendem esse o produto.

Contraindicações

A noz -de-cola possui algumas contraindicações que são:

  • O uso irregular de noz-de-cola pode resultar risco para a saúde, quando consumidas em demasia, na quantidade de 10 a 14 gramas, o que equivale de 150 a 200 mg de cafeína, por quilo de peso corporal.
  • O consumo de grandes quantidades de cafeína durante a gravidez, aumenta a possibilidade de ocorrência de aborto espontâneo, partos prematuros e, até, no nascimento de um bebê com peso inferior ao saudável.
  • Pessoas com problema de hemorragia, pois a cafeína dificulta a coagulação do sangue.
  • A ingestão da noz-de-cola pode agravar o quadro de diabetes.
  • A cafeína contida na noz-de-cola pode aumentar a pressão dos olhos, podendo prejudicar pessoas com glaucoma.
  • A noz-de-cola pode aumentar da pressão arterial, sendo prejudicial para quem tem hipertensão.
  • Para pessoas com úlcera estomacal, o consumo de noz-de-cola pode agravar a situação.

Efeitos colaterais

Devido à cafeína contida na composição da noz–de-cola, consumida em grande quantidade, pode provocar alguns efeitos colaterais, tais como:

  • ansiedade;
  • zumbido nos ouvidos;
  • taquicardia;
  • agitação;
  • insônia;
  • irritação estomacal;
  • nervosismo;
  • náuseas;
  • vômito;
  • inquietação;
  • alteração respiratória.

Aparecendo qualquer um desses sintomas é recomendável interromper o uso desse produto.

Precauções e cuidados com o consumo da Noz-de-Cola

A noz-de-cola, apesar das propriedades e benefícios, requer atenção e ponderação na dosagem e quantidade de consumo, pois, pode aumentar a pressão arterial e acelerar os batimentos cardíacos, por causa da cafeína contida em sua composição.

Gestantes e mulheres em fase de amamentação devem manter o consumo de cafeína, abaixo de 200 mg por dia, isto é, cerca de 2 xícaras de café, porém, antes de consumir, é melhor consultar o médico.

A cafeína que faz parte da composição da noz-de-cola pode elevar a quantidade de cálcio que é liberado através da urina, por isso pessoas com osteoporose, devem limitar o consumo desse produto, em até 300 mg por dia, o que equivale a cerca de 2 a 3 xícaras de café.

A noz-de-cola pode afetar os exames de sangue, por isso, antes e após procedimentos cirúrgicos, é recomendado suspender o seu consumo, pelo menos duas semanas antes da cirurgia.

Interações medicamentosas

O consumo de noz-de-cola durante tratamentos com determinados medicamentos, pode abalar o funcionamento do sistema nervoso e aumentar a frequência cardíaca e pressão arterial, por isso se faz necessário uma avaliação médica, para tomar conhecimento de possíveis interações medicamentosas.

Atenção ao corpo

Para aproveitar os benefícios da noz-de-cola é necessário consumi-la na dose correta e observar como o organismo responde à ingestão desse produto. O corpo avisa quando um alimento ou substância não corresponde à sua necessidade, só precisamos estar aos seus sinais.

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *