O tempo de decomposição dos materiais mais comuns

  • atualizado: 
tempo de decomposição dos materiais mais comuns

Todos os dias, um número gigantesco de materiais circulam pelas ruas e residências do país sem ter mais a menor utilidade. Materiais que poderiam ser destinados a reciclagem, são jogados fora (existe o termo “fora”? Pensei que tudo fosse um só planeta) para esperarem anos, séculos e até milhares de anos para se decompor. E nesse período, poluem a Terra e contribuem para a alteração ou destruição do meio ambiente.

Mas se esses materiais fossem reciclados, o problema se resolveria na hora, e em duas frentes. A primeira é que eles não ficariam mais jogados nas ruas e aterros. E a segunda é que a matéria-prima proveniente da natureza seria poupada para a confecção de mais produtos. Ou seja, todas às vezes que você recicla papel, por exemplo, está poupando árvores de serem devastadas para a criação de mais este artigo.

O que é reciclagem?

A reciclagem visa aproveitar os restos de determinados materiais em um processo de produção destes mesmos materiais, que serão utilizados como matéria-prima na fabricação de novos produtos, em vez de retirar a matéria-prima da natureza.

Precisamos melhorar, e muito, a nossa reciclagem de materiais, com exceção feita à reciclagem de alumínio, um verdadeiro exemplo brasileiro no mundo.

Tempo de decomposição do lixo

Vejamos o tempo de decomposição do lixo no meio ambiente:

  • Nylon (linha de pesca): 600 anos
  • Garrafas de plástico para bebidas: 450 anos
  • Fraldas descartáveis: 450 anos
  • Lata de alumínio: de 80 a 200 anos
  • Copos plásticos: 50 anos
  • Solas de borracha: de 50 a 80 anos
  • Latas: 50 ano
  • Couro: 50 anos
  • Nylon (tecido): de 30 a 40 anos
  • Filme plástico: de 20 a 30 anos
  • Sacola plástica: de 10 a 20 anos
  • Ponta de cigarro: de 1 a 5 anos
  • Madeira compensada: de 1 a 3 anos
  • Jornal: 6 semanas
  • Laranja ou casca de banana: de 2 a 5 semanas
  • Papel toalha: de 2 a 4 semanas
  • Isopor: 400 anos
  • Tampas de garrafa: 150 anos
  • Chiclete: 5 anos
  • Garrafas de vidro: um milhão de anos
  • Percebe como aquela bituca de cigarro além de sujar as ruas, causa dano ao ambiente? Mais de 10% da sociedade brasileira fuma, o que significa muitas e muitas bitucas de cigarro jogadas “fora” diariamente, todas demorando até 5 anos para se decompor.

E o que falar do chiclete? Causa-me revolta andar nas calçadas de São Paulo e ver um “mar” de chicletes espalhados pelas ruas. Chicletes que só desaparecerão em 5 anos.

Passou da hora de mudarmos nosso modo de vida e, ao menos, contribuir com a coleta seletiva de nossos prédios e bairros. Já seria alguma coisa em meio a tanto lixo e seus séculos de duração.

Leia também:

NA ARGENTINA, CHICLETES SE TRANSFORMAM EM BOTAS, CHINELOS, CAPAS PARA CELULAR E MUITO MAIS

10 DICAS PARA DIMINUIR O LIXO PLÁSTICO NO DIA A DIA

4,5 TRILHÕES DE BITUCAS DE CIGARROS POR ANO COLOCAM EM RISCO MEIO AMBIENTE E SAÚDE

Fonte foto: freeimages