Dinamarca inaugura supermercado que só vende produtos vencidos

Wefood

A Dinamarca também entrou no combate ao desperdício de alimentos. O país inaugurou o primeiro supermercado que vende, exclusivamente, produtos vencidos, cujo destino seria o lixo, mas ainda em bom estado para o consumo.

O Wefood, uma iniciativa da ONG Folkekirkens Nødhjælp, foi inaugurado em Copenhague, capital dinamarquesa, pela princesa Marie e a ministra do Meio Ambiente e Alimentação, Eva Kjer Hansen.

"Todos os dias, mais de 800 milhões de pessoas no mundo vão dormir com fome. Ao mesmo tempo, só na Dinamarca cerca de 700 mil toneladas de alimentos por ano vão para o lixo", disse Per Bjerre, da ONG.

Esse tipo de supermercado, pioneiro no mundo, não é dedicado apenas a pessoas de baixa renda. Os clientes são pessoas em busca de alimentos com bons preços e conscientes da importância do combate ao desperdício.

"Vendemos praticamente todo o nosso estoque no primeiro dia de funcionamento", entusiasma-se Bjerre. O Wefood oferece uma variedade de produtos que inclui laticínios, carnes, frutas, vegetais, pães e alimentos congelados que já ultrapassaram a data de validade recomendada nas embalagens e, por isso mesmo, os preços são entre 30 a 50% mais baixos em relação aos supermercados convencionais.

O Wefood conta com a cooperação de duas cadeias dinamarquesas de supermercado, a Føtex e a Danske Supermarked, e de mercados locais. Os funcionários do Wefood são voluntários e os recursos obtidos com a venda dos produtos são destinados a projetos de combate à pobreza na Ásia e África.

"É ridículo jogar comida fora e é prejudicial ao meio ambiente, já que implica em desperdício de recursos como água e energia, necessários à sua produção. O Wefood é um passo importante na batalha contra o desperdício de alimentos", disse a ministra Hansen.

O supermercado só foi viável graças a um projeto de crowdfunding que levou um ano para se concretizar. As doações chegaram a cerca de US$ 145 mil. Depois, a ONG Folkekirkens Nødhjælp teve que fazer um trabalho político para mudar a lei sobre a venda de produtos vencidos.

O Wefood é mais uma iniciativa da Dinamarca que, nos últimos cinco anos, reduziu em 25% o desperdício de alimentos.

Que mais projetos assim inspirem outros países a combaterem o desperdício e destinar alimentos a quem precisa.

Leia também:

seta

LEI FRANCESA EVITA DESPERDÍCIO E AJUDA NO COMBATE À FOME

seta

DESPERDÍCIO DE ALIMENTOS: CANADÁ VENDE ALIMENTOS "NATURALMENTE IMPERFEITOS”