Conheça os tipos de arroz e seus benefícios

arroz e seus benefícios

O arroz pode ser considerado como uma base da alimentação do dia a dia do brasileiro, afinal, a combinação clássica de nossa culinária é o feijão com arroz. É o tipo de alimento que contém muita energia, mas sem tanta nutrição, sobretudo quando é polido.

Em contrapartida, há determinados tipos de arroz que são, sim, extremamente saudáveis e nutritivos, com nutrientes proteicos e sais minerais – como fósforo, cálcio e ferro – e vitaminas do complexo B.

Conheça os tipos de arroz e suas vantagens para a saúde

Arroz preto ou selvagem

arroz preto

Seus grãos são longos e finos, com coloração negra na parte externa, e branca na parte interna. É um tipo de grão que cresce em regiões pantanosas e próximas a lagos. É muito proteico e contém fribras alimentares, sobretudo se for comparado ao arroz comum. É ótimo para os veganos, por exemplo, que precisam de uma dieta com maior quantidade de proteínas. Ajuda na regularização do trato intestinal, se associado à ingestão constante de água.

Arroz integral

arroz integral

Originário da Birmânia, Paquistão e Índia, era fervido com casca, por 60 minutos, em tanques que ficavam semiabertos. Em seguida eram espalhados no chão para secagem e depois recebiam beneficiamento.

O método foi se modificando no decorrer do tempo e hoje é realizado em quatro estágios: maceração, tratamento com vapor, secagem e beneficiamento.

Ao longo desse beneficiamento a vitamina B1 e outros nutrientes que são solúveis em água e estavam tanto no gérmen quanto nas partes externas, são assimiladas pelo grão.

Por não ser nem descascado, nem polido, é riquíssimo em vitaminas. Serve como base para a dieta macrobiótica. Também rico (6,6%) em gorduras benéficas à saúde.

Arroz japonês ou sanishiki

arroz japonês sanishiki

É muito empregado na culinária do Japão, como diz o nome e apresenta-se com seus grãos bem unidos. Tem muitos carboidratos, por ser rico em amido, na camada externa. É isso que promove a união de seus grãos, como uma massa.

Arroz polido

arroz polido

É o mais consumido no Brasil, sendo rico em carboidrato e pobre em proteína. A combinação com o feijão apresenta uma combinação de aminoácidos bastante completa e proveitosa.

Arroz parbolizado

arroz parbolizado

O grão, como um todo, é submetido ao processo de parbolização – ou seja, fica em água fervente por 8 horas –desse modo, a casca se solta e os grãos são moídos. As vitaminas vão para o interior do grão, sendo assim, conservadas.

Arroz Malequizado

arroz malequizado

Semi-integral, passa por maceração em água fria, ao longo de três dias e depois fica em altas temperaturas (de 700ºC) e é desidratado e descascado.

Arroz jasmim ou aromático

arroz jasmim aromático

Sua origem é tailandesa. Tem textura macia, com boa umidade, os grãos bem conectados. O mais famoso desse tipo é o Jasmim. É o segundo tipo de arroz em nível de proteína.

Arroz Arbóreo

arroz arbóreo

Italiano, tem grãos médios, e cor amarelada, além de textura mais cremosa. É perfeito para risotos e afins, pois resiste bem a cozimentos longos.

Basmati

arroz basmati

Advindo do Paquistão e da Índia, os grãos ficam bem secos e soltos, após cozimento.

Basmati integral ou vermelho

basmati integral vermelho

Não é descascado, tampouco polido, de cor vermelha. Possui micronutrientes, por não ter perdido a casca.

Agora você tem várias opções de arroz para saborear, escolha os mais nutritivos, evitando os polidos, que contêm apenas carboidratos. Bom apetite!

Leia também:

setaTORTINHA DE ARROZ COM CÚRCUMA E MANJERICÃO

setaOS 10 ALIMENTOS QUE MAIS CONSOMEM ÁGUA PARA SEREM PRODUZIDOS

setaTÉCNICA JAPONESA USA PATOS, PEIXES E PLANTAS PARA PRODUZIR ARROZ ORGÂNICO

Fonte foto: freeimages.com