eneagrama
eneagrama

O que é Eneagrama e como pode ser usado como instrumento de autoconhecimento?

O eneagrama é representado por uma figura geométrica composta por um círculo, um triângulo, possuindo nove pontas que funciona como um símbolo das nove aspectos psicológicos humanos. Esse conhecimento serve para a compreensão e estudo das facetas humanas, seus processos e manifestações.

Nas tradições antigas, o eneagrama já figurava sinalizado no pensamento dos sábios gregos Pitágoras e Platão, nas filosofias herméticas e gnósticas, no judaísmo, no cristianismo e islamismo.

Na modernidade, a presença do eneagrama se deve à Gurdjieff, filósofo armênio que se dedicou a ensinar o autoconhecimento profundo no início do século passado.

Gurdjieff teve contato com o símbolo do eneagrama em uma de suas viagens e passou a utilizá-lo em seus estudos e práticas voltadas ao autoconhecimento e o aprimoramento humano.

{index}

Alguns anos depois, Oscar Ichazo, filósofo boliviano, pesquisou e sintetizou os vários elementos do eneagrama. No início da década de 50, Oscar Ichazo relacionou as nove pontas do símbolo aos nove tributos divinos que se expressam na natureza humana.

Nesse momento surgia a associação do eneagrama e os tipos psicológicos.

Oscar Ichazo estabeleceu a sequência de emoções utilizando o símbolo do eneagrama, fazendo mais de 108 eneagramas com descrição de processos e criando o primeiro mapa da psique humana, com o objetivo de elevar o nível de consciência.

Em 1970, o médico psiquiatra Claudio Naranjo estabeleceu correlação dos tipos do eneagrama às características psiquiátricas das quais tinha conhecimento, expandindo as descrições de Oscar Ichazo e montando um sistema de tipos psicológicos e de personalidades.

Com o passar do tempo, o eneagrama passou a ser utilizado como mapa contendo a descrição das nove emoções humanas, cada uma relacionada a um Padrão de Comportamento e tendência psicológica.

O eneagrama possibilita que cada indivíduo se torne mais consciente de suas emoções e do que o influencia seus comportamento, motivações, escolhas, gostos e aptidões.

O Instituto Eneagrama adicionou à essa prática a teoria de Wilhelm Reich da leitura corporal das nove emoções. Reich, um neuropsiquiatra contemporâneo de Freud, se fundamentou nos fluxos energéticos dos sete anéis corporais, ou couraças musculares, que alicerçam nossas formas de pensar, sentir e agir, ou seja, as respostas do nosso corpo aos estímulos externos.

Quando enxergarmos de forma consciente nosso corpo, podemos perceber como as emoções se refletem nele. Conhecendo suas emoções o indivíduo desenvolve sua inteligente emocional, aprendendo a senti-las de forma consciente e melhor administrá-las para que não sejam prejudiciais aos seus objetivos e desenvolvimento.

Quem foi Gurdjieff, o criador do eneagrama?

Agora fiquem com esse vídeo que fala sobre o sábio armênio G. I. Gurdjieff. que trouxe do Oriente um nova forma de aperfeiçoamento humano, através dos ensinamentos do Quarto Caminho e a utilização do método do Eneagrama. Assistam o vídeo e conheçam esse sábio e seus ensinamentos.

Tipos Psicológicos do Eneagrama

Para entender melhor os tipos psicológicos que o eneagrama aponta e descreve, segue a definição de cada um deles:

TIPO 1 – O PERFECCIONISTA – VÍCIO EMOCIONAL = RAIVA

As pessoas do Tipo 1 são ágeis, práticas exigente e realizadoras. O vício emocional é a Raiva que atua de forma inconsciente devido à sobrecarga de fazer, até além do que se pode.

O nome Perfeccionista vem da acentuada exigência para fazer as coisas.

O efeito colateral desse perfil de indivíduo é a dificuldade em reconhecer suas reais necessidades e limites. O afastamento de si leva a pessoa a se tornar dura, intransigente, maniqueísta, apegada à dicotomia entre bem e mal, certo-errado e justo-injusto. Pessoas assim, desenvolvem uma crença que só o esforço torna alguém merecedor.

Em termos profissionais, o Tipo 1 se relaciona a trabalhos nos quais o seu valor é mensurado por seu esforço e realizações.

Suas aptidões profissionais são voltadas para: gestão, organização e metodologias.

Para maior equilíbrio desse tipo se faz necessário:

O indivíduo reconhecer que seu padrão de comportamento de fazer cada vez mais, não é a sua totalidade e nem o que realmente é. Procedendo assim estará aberto a neutralizar o vício emocional da raiva, desenvolvendo a virtude da Serenidade.

A mensagem do eneagrama para o tipo 1 é:

Reconheça-se a partir de si mesmo, não mais por meio dos conceitos de certo-errado, estabelecendo assim maior integração com seus sentimentos, pensamentos e ações.

Aspectos positivos: Determinados, Práticos e Responsáveis

Aspectos negativos: Hostis, Irritados e Teimosos

TIPO 2 – O PRESTATIVO – VÍCIO EMOCIONAL = ORGULHO

As pessoas do Tipo 2 são emotivas, empáticas, conquistadoras, que sabem como conseguir o que querem das pessoas. O vício emocional é o Orgulho, que é justificado com a atitude solícita e bem-intencionada. Indivíduos assim apresentam um comportamento baseado na sensação de autossuficiência e poder.

O nome Prestativo é devido à sensação, capacidade e à atitude de assumir e cumprir responsabilidades. São pessoas hábeis nas relações, por isso muito queridas.

A consequência negativa desse tipo reside na dificuldade em reconhecer suas fraquezas. Este afastamento de si ocorre devido ao fato de se centrar nos outros e isso pode gerar frustração e desilusão se tornando agressivas quando não atendidas pela outras pessoas.

O tipo 2 sofre quando têm de pedir algo ou quando não consegue estar à altura da imagem que idealizou para si.

Em termos profissionais, o Tipo 2 atua em áreas que envolvam o relacionamento com pessoas, tais como: vendas, recursos humanos, secretariado e assistência social. O prestativo consegue motivar e envolver as pessoas em seus projetos, mas o desequilíbrio ocorre quando encontra resistência, então se torna manipulador e agressivo, cobrando o que tenha porventura feito ao outro, gerando assim conflito.

A mensagem do eneagrama para o tipo 2 é:

Reconhecer que seu padrão de comportamento não é ele fará com que neutralize o vício emocional do Orgulho, desenvolvendo a virtude da Humildade. Esta atitude o auxiliará a reconhecer a si mesmo, não mais por meio da atenção ao outro ou do valor que lhes dão, contribuindo para o equilíbrio de seus sentimentos, pensamentos e ações e, por consequência para sua verdadeira felicidade.

Aspectos positivos: Carismáticos, Dispostos e Envolventes

Aspectos negativos: Apegados, Incriminadores e Prepotentes

TIPO 3 – O BEM-SUCEDIDO – VÍCIO EMOCIONAL = VAIDADE

As pessoas do Tipo 3 são voltadas para a ação e o planejamento, buscando reconhecimento. Têm uma visão mercantilista, direcionada para o sucesso. O vício emocional é a Vaidade, que se manifesta com atitude progressista e autoimagem eficiente.

O nome Bem-Sucedido se relaciona com o apego à imagem e ao valor que ele projeta de sucesso, sendo o meio que utiliza de mensurar e conquistar o seu valor.

A conseqüência negativa deste comportamento reside na dificuldade em reconhecer o que é essencial. O afastamento de si, neste tipo, revela frieza, disfarçada com uma imagem humanista.

O tipo 3 é obcecado por resultado, estressa todos à sua volta em nome da excelência, seguindo a ideia: os fins justificam os meios. Compromete-se com as pessoas na justa medida em que elas são úteis para alcançar seus objetivos.

Profissionalmente, encontramos o Tipo 3 ligado às áreas em que haja possibilidades de expansão, tais como: vendas, advocacia, administração, atividades autônomas, consultoria e assessoria. O tipo 3 tem facilidade de sintetizar idéias e comunicar-se alcançando a realização de suas metas, porém acaba tornando-se impessoal, exigindo das pessoas mais do que elas poderiam dar.

Ambicionando algo melhor, esse tipo tem a tendência de abandonar o barco diante de uma proposta mais atraente.

A mensagem do eneagrama para o tipo 3 é:

Reconheça que é mais que o sucesso que possa alcançar, o que realmente é está além do sucesso e das metas. Compreendendo isso, o tipo 3 neutralizará o vício emocional da Vaidade e despertará a virtude da Sinceridade. Com essa atitude o indivíduo estabelecerá contato com sua essência, não mais por meio do sucesso e necessidade de admiração e reconhecimento, mas assumindo o que está além, sua natureza intrínseca, se tornado assim um ser mais integral.

Aspectos Positivos: Flexíveis, Focados e Motivadores

Aspetos Negativos: Baixa autoestima, Frenéticos e Manipuladores

TIPO 4 – O ROMÂNTICO – VÍCIO EMOCIONAL = INVEJA

O Tipo 4 é emotivo, sensível ao ambiente e emocionalmente instável. A sua sensível percepção emocional faz dele uma pessoas que vê o que a maioria não vê. O vício emocional deste tipo é a Inveja, que se reflete em insatisfação.

O nome Romântico se relaciona ao fato deste tipo comparar sua vida com uma idealizada. Manifestações como crítica e exigência de originalidade fazem parte do tipo 4.

O lado negativo do tipo 4 reside em seu idealismo, que o leva a focar na falta e no que não tem, se tornando lastimoso e insatisfeito. Outro efeito que advém disso é a atitude de comparação, tornando este tipo crítico, irônico e dado ao vitimismo.

O tipo 4 se ajusta bem em profissões que envolvem criatividade e originalidade, tais como: estilismo, decoração, psicologia e jornalismo. O senso crítico apurado, criatividade e o gosto pelo diferente criam um ambiente original e autêntico, onde ele atua. Quando não encontram espaço para exercer com liberdade sua criatividade, as pessoas do tipo 4 se tornam melancólicas, expressando no ambiente, insatisfação, pessimismo e tristeza.

Mensagem do eneagrama para o tipo 4:

Quando este tipo se volta para si mesmo e enxerga o que tem e não o que lhe falta, é capaz de parar de alimentar o vício emocional da Inveja, estabelecendo o contato consigo mesmo e expressando a virtude da Equanimidade. A partir de si mesmo ,e não mais por meio da obtenção do que falta ou do que está fora, este tipo encontra sua realização.

Características positivas: Criativos, Detalhistas e Sensíveis

Características negativas: Críticos, Mordazes, Deprimidos e Trágicos

TIPO 5 – O OBSERVADOR – VÍCIO EMOCIONAL = AVAREZA

O tipo 5 é centrado na mente, tem sede de conhecimento e é bem racional. O vício emocional deste tipo é a Avareza que atua em sua atitude pouco expressiva e autoimagem lógica, precavida e prudente.

O nome Observador vem da atitude de não se envolver, manter distância, para poder ver melhor e manter seu senso analítico e observador. Este tipo é “mais na dele”, gosta de ficar consigo mesmo, fazendo atividades que diz respeito a si mesmo.

O efeito dessa postura pode resultar em um indivíduo frio, calculista, cético e extremamente racional, que substitui emoções por pensamentos. O tipo 5 é movido pela razão e a lógica.

No que diz respeito a aspectos profissionais, o Tipo 5 é voltado a área do planejamento, como: escrita, filosofia, física, engenharia, pesquisa e informática. Sua capacidade de análise contribui com um visão e planejamento estratégicos. O efeito negativo disso é que o indivíduo tipo 5, torna-se distante e inacessível, com poucas palavras, mantendo-se afastado das pessoa, se tornando até antissocial.

Mensagem do eneagrama para o tipo 5:

Quando o tipo 5 equilibra razão com emoção, racionalismo com empirismo e aceita expressar seus sentimentos, conseguirá se libertar da avareza e revelará a virtude da sensibilidade, desenvolvendo-se de uma forma mais plena e abundante.

Características Positivas: Analíticos, Especialistas e Ponderados

Características Negativas: Calculistas, Distantes e Frios

TIPO 6 – O QUESTIONADOR – VÍCIO EMOCIONAL = MEDO

O Tipo 6 é voltado para a ação ou emoção, visando o controle. São atentos e desconfiados, atiram-se às situações de improviso. O vício emocional é o Medo, se expressando na autoimagem de precavido e realista. O nome Questionador vem da atitude desconfiada e alerta.

O medo no tipo 6 se manifesta tornando-o ansioso, desconfiado, fazendo com que prefira o conhecido e que veja os outros como ameaça.

Profissionalmente, encontramos o Tipo 6 ligado às gerências de pessoas e administração de atividades, tais como produção, projetos, recursos humanos ou empreendimentos financeiros. A capacidade do tipo 6 de detectar riscos faz dele hábil analista de processos, antevendo um leque de riscos e possibilidades de falhas. Outra habilidade do tipo 6 é que ele é agregador, conseguindo com facilidade despertar o espírito de equipe, daqueles que estão sob sua gerência. A lealdade é uma marca registrada do tipo 6, mas em sua contraparte pode se tornar um indivíduo rígido, exigente, controlador e cobrador de obediência à normas e procedimentos.

A mensagem do eneagrama para o tipo 6 é:

Para neutralizar o vício emocional do medo, precisará desenvolver a confiança em si mesmo por meio da virtude da Coragem. Dessa forma o indivíduo do tipo 6 ultrapassará as fronteiras do medo e poderá se sentir mais livre para se expandir, expressando mais suas emoções, de forma mais espontânea.

Característica Positiva: Consequentes, Gregários e Leais

Características Negativas: Apegados, Moralistas e Rígidos

TIPO 7 – O SONHADOR – VÍCIO EMOCIONAL = GULA

As pessoas do Tipo 7 possuem agilidade mental para lidar com várias coisas ao mesmo tempo, priorizando o prazer. O vício emocional deste tipo é a Gula, refletindo em atitude entusiasta e autoimagem de improvisador e divertido. O nome Sonhador vem da grande quantidade de idéias, sonhos e planos, por vezes utópicos.

O lado negativo do tipo 7 se revela no jeito superficial, voltando-se para atividades como fuga das dificuldades emocionais e o otimismo exagerado, para evitar encarar sua fragilidades e dores, olhando para o mundo com óculos cor-de-rosa.

No aspecto profissional, o tipo 7 se dá bem em áreas que não sejam baseadas em rotina e que a criatividade seja necessária, em atividades como: marketing, vendas, planejamento e empreendimentos. O otimismo e a criatividade do tipo 7 são úteis nas situações que sejam necessárias a busca de novas visões e soluções. A outra ponta disso é que o indivíduo 7, em sua compulsão de fugir da rotina, torne-se indisciplinado, manipulador, egoísta e irresponsável.

A mensagem do eneagrama para o tipo 7 é:

Para neutralizar o vício emocional da Gula, o indivíduo tipo 7 precisa desenvolver a virtude da Sobriedade, assim poderá perceber que sua felicidade não está atrelada somente à satisfação dos prazeres.

Características Positivas: Bem-Humorados, Improvisadores, Divertidos e Otimistas

Características Negativas: Alienados, Fantasiosos e Utópicos

TIPO 8 – O CONFRONTADOR/PROTETOR – VÍCIO EMOCIONAL = LUXÚRIA

O Tipo 8 têm uma facilidade em mandar e liderar e são voltados à realização. O vício emocional desse tipo é a Luxúria, expressa com atitude dominadora e autoimagem realizadora. Tudo ao redor do tipo 8 tem que ser intenso e desafiador. O nome Confrontador vem do fato que quando este tipo quer algo, expressa-se de forma direta, objetiva e contundente.

A consequência negativa desta forma de se comportar é o apego à força e ao poder, tornando o indivíduo tipo 8 dominador, agressivo e obstinado, chegando a desconsiderar o que os outros pensam e sentem.

No campo profissional, o Tipo 8 atua mais como a líder e empresário devido à sua autoconfiança e autoridade. Com atitudes diretas e eficazes, leva os empreendimentos e negócios à expansão. O lado negativo é que para isso esse tipo pode centralizar demais o poder em suas mãos, se tornando autoritário.

A mensagem do eneagrama para o tipo 8:

O vício emocional da Luxúria é neutralizado quando o tipo 8 estabelece contato com sua essência por meio da virtude da Pureza. Assim, este tipo passa a não necessitar mais de buscar autoafirmação por meio do negativo. É que esse tipo pode centralizar demais o poder em suas mãos, tornando-se autoritário.

Características Positivas: Assertivos, Objetivos e Realizadores

Características Negativas: Agressivos, Intolerantes e Vingativos

TIPO 9 – O PRESERVACIONISTA/MEDIADOR – VÍCIO EMOCIONAL = INDOLÊNCIA

O indivíduo do Tipo 9 é mediador, priorizando o bem comum. O vício emocional é a Indolência, enrustida em atitude tranquila e autoimagem conciliadora. O nome Preservacionista vem da busca de se autopreservar, manter o status, evitar o conflito em prol da paz, do sossego e da tranquilidade.

Os pontos negativos deste tipo se revelam através de postura apática e passividade que desenvolve como uma forma de anestesia para não sofrer com os problemas da existência e dificuldades da realidade. Essa postura torna o tipo 9 um indivíduo manipulável e influenciável que se adapta ao ambiente para evitar conflitos.

O tipo 9 expressa serenidade e calma, mesmo que não esteja se sentindo assim. Essa apatia emocional o torna indeciso, o deixando em cima do muro.

No quesito profissional, o Tipo 9 devido a sua facilidade em se adaptar, lida bem com mudanças e sua capacidade mediadora em lidar com diversas pessoas, contribui para ele se dar bem em áreas como: administrativo, secretariado, atendimento ao público e auxiliar em vários ramos.

A tranquilidade do tipo 9 é útil para elaborar e desenvolver tarefas que demandem tempo e paciência. Em contrapartida, o tipo 9 sofre por estar sempre cedendo para evitar conflitos e confrontos e, com isso, acaba se tornando indeciso e procrastinador, preferindo concretizar tarefas ao envolvimento ativo na busca de soluções e de tomada de decisões ou seja assumir o comando da situação.

Mensagem do eneagrama para o tipo 9:

O vício emocional (Indolência) perde a força através a ação da virtude da determinação, contribuindo para o indivíduo tipo 9 se posicionar melhor diante dos outros e da vida.

Características Positivas: Calmos, Flexíveis e Mediadores

Características Negativas: Apáticos, Inseguros e indecisos

Teste do Eneagrama

Para saber mais sobre os aspectos relacionados à sua natureza intrínseca, realize o Teste do Eneagrama descrito abaixo.

Qual o seu Tipo ou Traço? As nove paixões descritas pelo Eneagrama são:

1 = Raiva

2 = Orgulho

3 = Vaidade

4 = Inveja

5 = Avareza

6 = Medo

7 = Gula

8 = Luxúria

9 = Indolência

Instruções para realizar o teste:

  • O que mais conta para fazer o teste, é responder com sinceridade e espontaneidade sem ficar racionalizando
  • Não deixe de responder nenhuma questão
  • Só responda 1 alternativa em cada questão
  • O eneagrama é um instrumento de autoconhecimento, através do qual podemos perceber melhor nossas os aspectos negativos e positivos, nossas fragilidade e potencialidades por meio de nove traços psicológicos, para poder avaliar nosso modo de viver e nossa relação com o mundo.

1. EM QUAL SITUAÇÃO VOCÊ SE ENQUADRA?

A. Sinto minha vida como uma busca incessante daquilo que julgo perfeito.

B. Sou o tipo de pessoa que adora ser reconhecida e bajulada!

C. Tenho compulsão pelo trabalho!

D. Tenho a sensação permanente de falta, simplesmente sinto algo ainda não aconteceu na minha vida!

E. Gosto de estar sozinho, pensando, meditando no meu canto em silencio.

F. Sou muito inseguro, tenho medo de qualquer situação nova ou daquelas que eu acho perigosas, pois podem não dar certo e me ferir.

G. Sempre acho um significado positivo em tudo, sou um idealista e otimista inveterado!

H. Tenho dificuldades em aceitar opiniões contrárias às minhas.

I. Às vezes, protelo o que tenho para fazer de mais importante, inventando um monte de desculpas.

2. CONCORDO QUE

A. Primeiro a obrigação, depois a diversão!

B. Toda minha vida foi uma constante entrega de amor!

C. Gosto de ter uma imagem positiva.

D. Sou extremamente sensível!

E. Ter que ir à uma festa é um sofrimento para mim, especialmente por ter que ouvir coisas que considero bobagem!

F. Sempre demoro a concretizar algo, pois fico imaginando as possíveis consequências.

G. Adoro explorar territórios novos, gostaria de poder voar ou de colocar uma mochila nas costas e sair viajando pelo mundo!

H. Para mim não existem obstáculos, sou capaz de qualquer esforço para conseguir o que quero.

I. Tenho procurado pensar mais em mim, no meu bem-estar, mas confesso que é difícil.

3. EM GERAL

A. Meu dia a dia é tenso, cheio de cobranças e exigências.

B. Agradar aos outros é bom, porque desse modo recebo o que quero.

C. Tenho grandes dificuldades para expressar meus sentimentos.

D. Nada no presente me faz feliz, a lembrança do passado é muito forte!

E. Somente com pessoas do meu nível intelectual me sinto mais a vontade.

F. Minha imaginação é poderosa e me provoca uma grande ansiedade.

G. Sou uma pessoa muito versátil, sei fazer várias coisas diferentes.

H. A vida é uma luta constante, só me aparecem desafios, só entro em complicações, mas no fundo até que gosto.

I. Demoro a fazer as coisas, mas procuro fazê-las bem feitas.

4. SINTO QUE

A. Estou sempre dizendo: “eu tenho que…”, “eu deveria…”

B. Com jeitinho, consigo tudo o que quero.

C. Tenho grandes dificuldades para ficar quieto, meditando!

D. Não posso ser feliz em um mundo tão cego e insensível!

E. Gosto de ser reconhecido pelos meus conhecimentos especializados.

F. Tomar decisões é algo que não gosto e tento evitar sempre que possível.

G. Considero-me uma pessoa muito criativa e audaciosa, planejar me dá prazer, executar nem sempre.

H. Abraço com muita determinação as causas que considero justas e verdadeiras.

I. Estou sempre disposto a ajudar os outros.

5. PERCEBO QUE

A. Se não pode ser bem feito, melhor não fazer!

B. Fico zangado quando as pessoas das quais espero reconhecimento me ignoram ou me fazem sentir em segundo plano!

C. Quando fracasso, recupero-me rapidamente.

D. Ninguém compreende meus sentimentos.

E. Meu quarto é o único local da casa no qual posso ficar mais livre, sem ter que falar com ninguém.

F. Não aceito ser controlado ou obrigado a fazer algo.

G. Busco manter sempre o alto astral!

H. Preciso controlar tudo, mesmo percebendo o quanto isso me faz mal, no sentido de gastar muita energia.

I. É fácil me adaptar a qualquer tipo de pessoa.

6. SEI QUE

A. Desde muito cedo me foi incutido um senso de responsabilidade, no sentido de que tenho que dar o exemplo.

B. Ajudar as pessoas é maravilhoso.

C. É difícil ter tempo para minhas próprias necessidades.

D. Melancolia é meu estado permanente!

E. Tenho dificuldades para viver relacionamentos amorosos.

F. Sentir-me seguro é essencial.

G. Minhas grandes paixões são as idéias, os novos conhecimentos e desafios.

H. Nunca estou satisfeito, sempre desejo conquistar mais e mais!

I. Costumo adiar muitas coisas importantes para mim.

7. NA VERDADE

A. Sempre faço tudo bem feito!

B. Adoro aplausos, a vida é um espetáculo!

C. Modestamente, sou o melhor na minha área.

D. Me vejo diferente dos demais, sinto o que ninguém é capaz de sentir.

E. Sou capaz de ter momentos privados de lazer, sozinho é melhor!

F. Não gosto de falar de mim, além de não gostar, não tenho a menor vontade.

G. Sou narcisista, simplesmente me adoro!

H. Sinto que posso conquistar o mundo!

I. Procuro me ajustar ao mundo, dividindo-me entre todos os que me rodeiam, os ajudando a facilitar ou resolver a vida.

COMO ACHAR O RESULTADO

Some quantas vezes você respondeu a mesma letra. Exemplo:

Se você respondeu 4 ou mais vezes a letra A, você terá tendência ao Traço 1. Depois de achar o resultado leia acima no tópico 1 deste conteúdo, os tipos psicológicos do eneagrama e a descrição referente ao seu tipo.

Maioria das respostas:

  • A – Traço 1 – Perfeccionista
  • B – Traço 2 – Prestativo
  • C – Traço 3 – Bem-sucedido
  • D – Traço 4 – Romântico
  • E – Traço 5 – Observador
  • F – Traço 6 – Questionador
  • G – Traço 7 – Sonhador
  • H – Traço 8 – Confrontador
  • I – Traço 9 – Preservacionista

No caso de empate, é sinal que há influência de mais de um traço psicológico.

Observação: Ao longo da existência, durante as fases e ciclos que passamos, em determinada época, podemos ter o predomínio e influência de um determinado tipo psicológico, pois, consciente ou inconscientemente o escolhemos para lidar com a existência como um mecanismo de ação e defesa, na relação com o mundo. Por isso, se dá a importância de compreender essas tendências dos tipos psicológicos do eneagrama.

Como o eneagrama pode ajudar no desenvolvimento pessoal?

O eneagrama é uma forma de reconhecer melhor nossos traços e mecanismos psicológicos, para compreender com mais clareza nosso pensamentos, emoções e comportamentos, dessa forma podemos refletir sobre aspectos como: nossa relação conosco, com os outros e com a existência para podermos realizar as mudanças necessárias, visando uma vida mais plena e gratificante.

Sobre Deise Aur

Avatar
Professora, alfabetizadora, formada em História pela Universidade Santa Cecília, tem o blog A Vida nos fala e escreve para GreenMe desde 2017.

Veja Também

Positividade tóxica: “nunca desista” e outras frases que fazem mais mal do que bem

Sabe aquela coisa do pensamento positivo sempre? Pois é, muitas vezes não funciona. Hoje vamos …