O cérebro das mulheres é três anos mais jovem que o cérebro dos homens. Um estudo

  • atualizado: 
Cérebros feminino e masculino

Cérebro feminino contra o masculino: na mesma idade, o das mulheres é biologicamente três anos mais jovem que o dos homens. Isso se aplica tanto aos idosos quanto aos jovens, e poderia explicar por que as mulheres tendem a ser menos vulneráveis ​​às doenças neurodegenerativas.

Isto é o que acaba de ser anunciado por uma pesquisa realizada pela Universidade de Washington em St. Louis, que queria esclarecer acima de tudo a razão pela qual as mulheres são mais propensas a permanecerem mentalmente mais fortes ao longo dos anos e na velhice.

"Estamos apenas começando a entender como vários fatores relacionados ao sexo podem influenciar a trajetória do envelhecimento cerebral e como isso pode afetar a vulnerabilidade do cérebro às doenças neurodegenerativas", explica Manu Goyal, médico radiologista e autor sênior da pesquisa. O metabolismo cerebral pode nos ajudar a entender algumas das diferenças que vemos entre homens e mulheres à medida que envelhecemos".

Na verdade, foi propriamente o metabolismo o dado sob o qual os cientistas se debruçaram a examinar o cérebro de 205 voluntários (121 mulheres e 84 homens entre 20 e 82 anos) por meio de uma tomografia por emissão de pósitrons (o assim chamado exame PET).

O nosso cérebro funciona também graças ao açúcar, mas a maneira como o cérebro o usa, muda à medida que as pessoas crescem e envelhecem. Crianças e jovens usam parte de seu "combustível cerebral" em um processo chamado glicólise aeróbica, que suporta o desenvolvimento e a maturação do cérebro. O resto do açúcar é queimado para alimentar ações como pensamento ou movimento. A fração de glicose utilizada na reação é bastante reduzida ao longo do tempo, e atinge os níveis mais baixos por volta dos 60 anos de idade.

Esse processo metabólico que indica a "juventude" do cérebro, é diferente entre homens e mulheres. Depois de identificar quanto açúcar foi consumido pelo cérebro de cada participante através do PET, os pesquisadores treinaram um algoritmo que determinou uma associação entre a idade do participante e o metabolismo cerebral.

Os resultados mostraram que os cérebros das mulheres são em média 3 anos mais jovens do que os dos homens e não apenas: o cérebro feminino também seria mais ativo em reconhecer e processar as emoções dos outros. Entender essas diferenças ajudará a entender como diferentes distúrbios cerebrais e doenças neurodegenerativas afetam diferentemente homens e mulheres.

Talvez te interesse ler também:

É VERDADE! AS MULHERES PRECISAM DORMIR MAIS QUE OS HOMENS!

CÉREBRO FANTÁSTICO! DEPOIS DA MORTE, AINDA FUNCIONA. O ESTUDO

AQUELA COLÔNIA DE BACTÉRIAS QUE VIVE EM NOSSO CÉREBRO. NOVO ESTUDO

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!