Carecas nunca mais? A cura para a calvície pode estar à porta

  • atualizado: 

Um remédio usado para tratar a osteoporose, pode ser o milagre que metade da população masculina de uma certa idade estava esperando: a cura da calvície.

De acordo com os primeiros resultados de uma pesquisa realizada pela Universidade de Manchester no Reino Unido, um medicamento usado para tratar a osteoporose pode vir a ser a nova solução contra a calvície. A droga demonstrou uma notável capacidade de estimular a atividade dos folículos pilosos, as estruturas epiteliais que produzem as células que formam os pelos e os cabelos.

Os resultados do estudo foram publicados na revista PLOS Biology

O estudo

A pesquisa foi realizada nos folículos retirados de mais de 40 homens após estes terem feito transplante de cabelo. Inicialmente os pesquisadores se dedicaram à ciclosporina, uma substância ativa usada para prevenir a rejeição em transplantes de órgãos, que é quando o corpo não reconhece um novo membro recebido, e tenta destruí-lo através do sistema imunológico. 

Depois de algumas experiências, os pesquisadores verificaram que a ciclosporina ajudava a reduzir a atividade de uma proteína (SFRP1) que desempenha um papel central em regular e bloquear o crescimento celular em numerosos tecidos, incluindo aqueles dos folículos. O seu princípio ativo porém traz muitos efeitos colaterais, por isso não seria o caso de usá-lo em pessoas com calvície sem risco.

Mantendo como objetivo o estudo da SFRP1, os pesquisadores então procuraram um outro princípio ativo que fosse capaz de suprimir a atividade desta proteína. Para a surpresa deles, eles notaram que a WAY-316606, substância usada em um medicamento contra a osteoporose, conseguiu bloquear a SFRP1 ainda melhor do que a ciclosporina. 

Ao aplicar o WAY-316606 em testes laboratoriais in vitro, os pesquisadores notaram aumento da atividade folicular e, consequentemente, uma maior probabilidade de produzir novos cabelos.

Agora os pesquisadores, liderados por Nathan Hawksaw, pretendem continuar suas pesquisas com um teste clínico, a fim de entender se o tratamento pode ser eficaz em pacientes que sofrem de calvície.

Se tudo correr bem, em poucos anos os médicos poderão ter uma nova solução para tratar essa condição, que para muitas pessoas é causa de forte estresse psicológico. 

Isso não significa entretanto, que tenha sido encontrada uma cura única e universal contra a calvície: cada paciente reage de maneira diferente e, muitas vezes, a única maneira de controlar a queda de cabelo seria a combinação de vários tratamentos.

Apesar do sucesso obtido nos testes em laboratório e nos ensaios diretos em pacientes, serão necessários mais estudos para verificar a eficácia e a segurança deste tratamento.

Mas a notícia nos enche de esperança. Calvície nunca mais!

Sobre calvície, talvez te interesse ler também:

QUEDA DE CABELO: O QUE COMER PARA TER CABELOS SAUDÁVEIS

CABELO CAINDO - COMO MELHORAR A SITUAÇÃO?

ALOPECIA: O QUE É E QUAIS SÃO OS REMÉDIOS MAIS EFICAZES