Ensaio fotográfico mostra o sofrimento da ansiedade

  • atualizado: 
ansiedade

Motivo de sofrimento e angústia para alguns, a ansiedade é uma realidade de pelo menos 1 a cada 5 pessoas, segundo a OMS. Agonia e aflição são apenas duas das sensações recorrentes de quem vive com ansiedade, causando desconforto generalizado no cotidiano. E, embora quem sofra com ansiedade possa ter óbvias dificuldades em explicar o sofrimento do quadro, Katie Joy Crawford, uma estudante que convive com o transtorno, criou um impressionante ensaio de fotos que expressa com maestria o tema.

“Através deste trabalho, eu estou visualmente expressando minha própria jornada física e emocional para que os outros sejam capazes de entender o peso que tantas pessoas carregam em nossa sociedade”, explica Katie. “As variações físicas do transtorno, como o coração acelerado, a tontura e a falta de ar, muitas vezes passam desapercebidas ou são mal interpretadas por aqueles que nunca sofreram de ansiedade”, completa, ao definir o trabalho de fotos intitulado “My Anxious Heart” ou “Meu Coração Ansioso” em português.

O ensaio realizado por Katie Joy conta com um total de 12 fotos e levou cerca de 3 horas para concluir cada uma delas. O trabalho é considerado fascinante justamente pela correlação existencial precisa que muitos não conseguem expressar. De forma pontual, Katie fala por muitos, causando a sensação de fruição artística imediada, dada a qualidade da obra.

Colocamos aqui algumas das fotos escolhidas sem juízo de valor, apresentando a tradução da descrição proposta pela criadora na publicação original do ensaio:

Um copo de água não é pesado. Você quase não percebe quando tem que pegar um. Mas e se você não pudesse esvaziá-lo ou largá-lo? E se você tivesse que suportar o peso por dias... meses... anos? O peso não muda, mas o fardo sim. Em um certo momento, você não consegue se lembrar o quão leve ele costumava ser. As vezes você tem que dar tudo de si para fingir que o copo não está lá. E, às vezes, você só tem que deixá-lo cair.”

enhanced 7658 1458671959 15

“Não importa quanto eu resista, ela sempre estará aqui desesperada para me envolver, me cobrir, e me demolir. A cada dia eu luto contra ela, “Você não é boa pra mim e você nunca será”. Mas lá ela está esperando por mim quando eu acordo, e faminta para me envolver assim que eu dormir. Isso tira meu fôlego. Isso me deixa sem palavras.”

10

“Depressão é quando você não consegue sentir nada. Ansiedade é quando você sente muito. Ter ambas é uma guerra constante dentro da sua própria mente. Ter ambas significa nunca vencer.”

12

“Eu tenho medo de viver e tenho medo de morrer. Que forma de existir”

11

ansiedade

Como tratar a ansiedade

O melhor tratamento de ansiedade é aquele que encontra a verdadeira razão do sofrimento e propõe um ponto de equilíbrio para a vida. Comumente, é necessário e recomendado o auxílio de um profissional em transtornos de natureza mental. Muitas vezes, quem sofre com ansiedade também pode recorrer a métodos naturais de tratamento.

Após orientação médica e ou psicológica, o tratamento poderá consistir também de aulas de meditação ou ioga, ingestão de chás naturais que proponham o relaxamento, atividades físicas que proporcionem o bem-estar no organismo, alimentação saudável e não industrial, entre outros métodos antidepressivos naturais.

O transtorno da ansiedade deve ser levado a sério, por isso é importante contar com a ajuda de amigos e familiares. Quem não sofre com ansiedade tem o dever de ajudar ou propor ajuda para quem sofre. Já que convive com isso diariamente, pode procurar pelo auxílio das pessoas próximas ou primeiramente de um profissional de saúde para que se sinta bem. A felicidade é um direito de todos.

O trabalho inteiro desta fotógrafa pode ser visto clicando aqui.

Especialmente indicado para você:

setaREMÉDIOS CASEIROS SIMPLES E EFICAZES CONTRA A ANSIEDADE

setaO USO DA KAVA-KAVA CONTRA ANSIEDADE, SEUS BENEFÍCIOS E RISCOS

setaANSIEDADE E ESTRESSE: 3 SIMPLES (MAS PODEROSOS) TRUQUES PARA COMBATÊ-LOS

Fonte fotos: collective-evolution.com