Açafrão
Açafrão

Cúrcuma: boa também no tratamento da herpes

Há tempos a cúrcuma, açafrão-da-terra, é reconhecida pela tradição popular por suas propriedades curativas. E agora, a ciência vem confirmando cada vez mais as propriedades medicinais dessa planta.

Vários estudos científicos têm apontado que a cúrcuma melhora o humor e a memória, inclusive em pacientes com Alzheimer. A especiaria é preciosa também contra o glaucoma e fortalece o sistema imunológico, protegendo o organismo contra infecções, além de outras propriedades curativas.

O que acontece ao nosso corpo se comermos cúrcuma todos os dias?

Cúrcuma como remédio

A ciência vem buscando converter as propriedades proporcionadas pelo princípio ativo da cúrcuma, a curcumina, em novos medicamentos para várias doenças.

Para alcançar esse objetivo, o desafio era fazer com que a curcumina fosse melhor absorvida pelo organismo humano e, por isso, o professor de ciências farmacêuticas da UniSA, Sanjay Garg e o Dr. Ankit Parikh trabalharam para convertê-la em nanopartículas, visando empregar suas propriedades científicas no tratamento do Alzheimer, herpes genital e outras doenças. Esses cientistas conseguiram potencializar a ingestão oral dessa substância em 117%.

Essa pesquisa teve o apoio das Universidade da Austrália do Sul – UniSA, da Universidade McMaster, no Canadá e da Universidade A&M do Texas, nos EUA.

Co-autor desse estudo, o professor Xin-Fu Zhou, neurocientista da UniSA, esclareceu que a nova formulação representa uma solução potencial para a doença de Alzheimer e a respeito disso ele disse:

“A curcumina é um composto que suprime o estresse oxidativo e a inflamação, os dois principais fatores patológicos da doença de Alzheimer, e também ajuda a remover as placas amilóides, pequenos fragmentos de proteína que se aglomeram no cérebro dos pacientes com doença de Alzheimer.”

A potencialização da absorção da curcumina pelo organismo abriu caminho para o tratamento do Alzheimer e também para o controle da herpes genital, com o objetivo de evitar a sua propagação.

Sobre a ação da curcumina no tratamento da herpes genital, o professor Sanjay Garg explica:

“Para tratar o herpes genital (HSV-2), você precisa de uma forma de curcumina que seja melhor absorvida, e é por isso que é necessário ser encapsulada em uma nano formulação. A curcumina pode parar o vírus do herpes genital, ajuda a reduzir a inflamação e a torna menos suscetível ao HIV e outras DSTs.”

O trabalho dessa pesquisa foi divulgado no site  do Centro Nacional de Informações de Biotecnologia (NCBI)

Bem, enquanto os cientistas buscam transformar a curcumina em medicamento para doenças como Alzheimer e herpes, que tal ter uma cúrcuma orgânica em sua casa plantando-a em seu canteiro ou jardim?

Como plantar cúrcuma, o açafrão-da-terra

Assim, você poderá usufruir das propriedades medicinais dessa raiz e ainda dar um gostinho especial à sua comida.

Talvez te interesse ler também:

Crie um ambiente saudável com o Feng Shui para ter bem-estar físico, mental e emocional

Covid-19: pesquisa encontra novas evidências sobre tipo sanguíneo e contágio

Shot de gengibre ou limão em jejum para desintoxicar, emagrecer e começar bem o dia

Sobre Deise Aur

Avatar
Professora, alfabetizadora, formada em História pela Universidade Santa Cecília, tem o blog A Vida nos fala e escreve para GreenMe desde 2017.

Veja Também

Covid e vacina, milhões de mortes e microchip: será que a profecia do Bill Gates vai se cumprir?

Em 2015, o empresário Bill Gates disse, em uma conferência para o TED em abril, …