Dia Mundial Sem Tabaco, pela saúde e contra o comércio ilícito

Dia Mundial Sem Tabaco

Será celebrado, como em todos os anos, em 31 de maio, o próximo Dia Mundial Sem Tabaco. Uma boa ocasião para promover, este ano, não só a questão da saúde (especialmente no trabalho), mas também para chamar a atenção para o problema do comércio ilícito de cigarros e outros produtos do tabaco.

Um a cada 10 cigarros, e muitos outros produtos do tabaco, consumidos em todo o mundo são ilegais, tornando o comércio ilícito de produtos de tabaco uma grande preocupação mundial sob muitos pontos de vista: aspectos legal, econômico, de saúde e corrupção.

A indústria do tabaco e seus grupos criminosos estão, naturalmente, entre aqueles que lucram com o comércio ilegal de cigarro, deixando a cargo dos cidadãos o pagamento das contas dos custos da segurança e da saúde.

5 objetivos do Dia Mundial Sem Tabaco 2015:

1. Danos à saúde das pessoas

Aumentar a conscientização sobre os danos causados pelo comércio ilícito do tabaco à saúde das pessoas, em particular aos jovens de baixa renda, pela maior acessibilidade a estes produtos.

2. Alertas sobre a saúde e outras medidas

Os programas de cuidados com a saúde, as políticas de controle do tabaco, os aumentos de impostos e de preços, a obrigação de alertas ilustrativos sobre os malefícios causados pelo cigarro, bem como outras medidas preventivas, acabam sendo minadas pelo comércio ilícito de produtos do tabaco.

3. O comércio ilícito de produtos do tabaco

O objetivo do Dia é também demonstrar como a indústria do tabaco tem se envolvido no comércio ilícito de produtos do tabaco.

4. Meios de riqueza para grupos criminosos

Destacar como o comércio ilícito de produtos do tabaco é um meio para acumular grandes riquezas de grupos criminosos e para financiar outras atividades do crime organizado, incluindo os tráficos de armas, drogas, de órgãos humanos e o terrorismo.

5. Protocolo para eliminar o comércio ilícito de produtos do tabaco

Promover a ratificação, adesão e utilização do Protocolo para Eliminar o Comércio Ilícito de Produtos do Tabaco a partir de todas as partes da Convenção Quadro para o Controle do Tabaco pela OMS (Framework Convention on Tobacco Control- WHO FCTC) e sua rápida entrada em vigor através da participação ativa de todas as partes em causa.

Para sensibilizar e informar sobre os riscos do tabaco e os riscos decorrentes do comércio ilegal do tabaco, a OMS emitiu uma série de cartazes e documentos, acompanhados por um vídeo.

Cigarro no trabalho

Não apenas o comércio ilegal do cigarro, o Dia Mundial Sem Tabaco também quer abordar a segurança no trabalho e o tabagismo passivo.

Embora muitos países ao redor do mundo, de fato, tenham imposto proibições de fumar nos locais de trabalho, ainda existem situações em que trabalhadores são expostos aos riscos do fumo passivo.

Como recorda a EU-OSHA, a Agência Europeia para a Segurança e a Saúde no Trabalho, ambientes de trabalho são mais saudáveis sem fumaça. Todos os empregadores e todos os trabalhadores devem garantir que tais condições de saúde sejam mantidas.

Em 2012, a mesma Agência tinha publicado um conjunto de recomendações para empregados e empregadores, fumantes e não-fumantes sobre boas práticas no trabalho, com orientações para a criação de ambientes saudáveis.

Leia também: Por que o cigarro é mais perigoso do que há 50 anos? Veja o que está por trás da sua indústria