Crossfit: prós e contras

crossfit-pros-contras

Outro dia falamos aqui dos benefícios da prática de Crossfit para a saúde.

Hoje, vamos avaliar opiniões contra e a favor desse exercício e para quem ele é adequado ou não.

O Crossfit é um treino intenso de alto impacto feito de movimentos complexos. Por isso, ele não é indicado para todo tipo de pessoa, como alguns centros de treinamento pregam.

Sempre alertamos em nossas matérias da importância de se procurar um médico, de preferência um cardiologista, antes de iniciar a prática de uma atividade física.

Prós do crossfit:

O Crossfit possui três conceitos para buscar o condicionamento físico dito ideal.

Primeiro conceito

Trabalho de dez capacidades físicas:

* Resistência cardiorrespiratória
* Resistência muscular
* Força
* Flexibilidade
* Potência
* Velocidade
* Coordenação
* Agilidade
* Equilíbrio
* Precisão

Segundo conceito

Fazer bem qualquer atividade, através de exercícios funcionais feitos em alta intensidade e grande diversificação.

Terceiro conceito

Utilizar bem as vias metabólicas.

O treinamento de Crossfit é altamente intenso e não leva muito tempo para ser concluído. Como os exercícios são diversificados, não há tanto espaço para a monotonia de treinos repetitivos. Essa diversificação visa ao desenvolvimento global do indivíduo.

Praticantes de outras modalidades físicas também podem usar o Crossfit para incrementar a sua rotina de treino como ferramenta auxiliar.

Contras do crossfit:

Leve em consideração que apenas profissionais registrados e estabelecimentos credenciados podem vender o serviço de Crossfit.

O treino de Crossfit foi adaptado dos treinos dos soldados dos Estados Unidos (SWAT) com o objetivo de desenvolver a condição física de forma global. Os treinos são muito intensos e curtos. Tem formato de combinação de exercícios potentes, um exercício seguinte logo após o outro, com pouco descanso entre eles. São parte da prática movimentos amplos, como arranques, agachamentos e outros multiarticulares.

Como o Crossfit nasceu de um treinamento para soldados já treinados, as pessoas sem um bom condicionamento físico dificilmente dariam conta de manter o mesmo ritmo de treinamento. Um bom professor é ciente disso (ou deveria ser) e vai elaborar um treino considerando o nível dos praticantes.

Entretanto, existem estudos que apontam que o Crossfit pode provocar lesões. Um artigo científico publicado no Journal of Strength and Conditioning Research registrou os benefícios do Crossfit estudando 56 praticantes. Mesmo não sendo o objetivo de estudo da pesquisa, foi encontrada uma preocupante proporção de 16% de praticantes com lesões oriundas do Crossfit. Em uma outra pesquisa feita com 132 pessoas praticantes de Crossfit, houve incidência de 71% de lesões oriundas da prática.

A maioria das lesões é na região do ombro, seguida por coluna, braço e cotovelo. Naturalmente, lesões podem ocorrer com praticantes de qualquer modalidade esportiva. Mas os dados devem nos manter em alerta.

Muitas razões podem levar às lesões, mas a que tem sido levantada por esses estudos é a falta de fortalecimento corporal oriunda de um processo de aprendizagem dos movimentos mais complexos, que resultaria em tantas lesões.

Vladimir Santos, personal trainer, fisiologista do exercício e Sports Coach, diz que as principais causas de lesão entre praticantes de Crossfit são:
• Alta intensidade dos exercícios sem que o corpo esteja preparado;
• Exercícios realizados sem a técnica adequada;
• Exercícios realizados sob o estado de fadiga, durante uma sessão intensa de treino;
• Estímulos realizados sem a recuperação adequada dos treinos anteriores.

O profissional reitera que alguns estudos citam uma lesão muscular grave, pouco conhecida, como Rabdomiólise, que é uma condição em que o músculo torna-se tão gravemente danificado que se decompõe rapidamente. A destruição do músculo leva à liberação de produtos das células musculares na corrente sanguínea; alguns dos quais, como a mioglobina (uma proteína), são lesivos para os rins, podendo causar insuficiência renal aguda.

Quantos aos riscosbenefícios, o personal afirma que há controvérsias na comunidade científica.

Além das lesões, os excessos nos treinamentos podem causar outros problemas. De acordo com o médico Nabil Ghorayeb Doutor em Cardiologia (FMUSP) e Especialista em Cardiologia e Medicina do Esporte, o excesso de treinamento pode provocar mudanças no organismo do paciente. “O corpo passa a produzir hormônios de uma maneira errada. Além disso, o coração fica acelerado o tempo todo, mesmo em repouso”, afirma. As consequências começam a aparecer também no dia a dia e o paciente pode começar a ficar mais irritado, com insônia e até com a imunidade mais baixa.

Algumas dicas para quem quer iniciar a prática do crossfit

Consultar previamente um médico para realizar toda a investigação clínica;

• Preferencialmente, iniciar o programa de forma segura contratando um Personal Trainer que seja especialista em fisiologia do exercício, esse profissional poderá elaborar o programa ideal de treino para esse primeiro momento a partir de entrevista, avaliações antropométricas, metabólicas, neuromusculares, posturais, entre outras.

• O Personal Trainer também deve ter bons conhecimentos de biomecânica do movimento já que o Crossfit exige conhecimento muito apurado dos ângulos de movimento, dessa forma, o profissional poderá orientar todos os detalhes técnicos das execuções dos movimentos de forma segura e eficiente.

• O ideal é trabalhar vinculado a um Personal Trainer, mesmo depois da fase de adaptação, mas caso não seja possível, mantenha o treino orientado por um professor da academia habilitado para a prática, não exceda nas cargas, respeite as técnicas de movimento, respeite os períodos de repouso, faça os alongamentos adequados, fique atento às dores, nutrição, hidratação

• Dificilmente o indivíduo consegue controlar e adequar o metabolismo de acordo com a faixa ideal de treino durante toda a sessão, logo, se for um atleta treinando especificamente um metabolismo, há que se tomar cuidado com os desvios metabólicos

• É melhor ter uma base de resistência antes de iniciar uma atividade em alta intensidade

• Crossfit é mais adequado para pessoas saudáveis que gostam de exercício vigoroso

Pessoas com lesões, condições de saúde debilitada ou outras necessidades especiais devem seguir as orientações específicas para a atividade física recomendada pelo American College of Sports Medicine.

De forma geral, penso que o Crossfit pode ser benéfico se feito de forma criteriosa com profissionais atentos e bem capacitados, instruindo alunos minimamente preparados para esse formato de trabalho.

Leia também:

setaSAÚDE: CAMINHAR RÁPIDO É MELHOR QUE CORRER

treinomestre