Caixinha da raiva: o que é e para que serve. Veja como fazê-la com teu filho

Crianças se enfurecem, ficam com raiva não conseguem expressar bem seus sentimentos. Tudo isso é muito normal mas, o que fazer para acalmá-las nessas horas? A caixinha da raiva, também chamada de cesta da raiva, pode ajudar os pais a gerenciar o (mau) humor dos filhos.

RAIVA, UMA EMOÇÃO A SER RECONHECIDA

Como todas as outras emoções, a raiva não é positiva ou negativa em si, mas os pais e os educadores devem ajudar as crianças a lidar melhor com este sentimento, controlando-o ou atenuando-o. E as melhores ferramentas para ajudar a controlar estas emoções são a compreensão e o amor.

O desenvolvimento emocional saudável das crianças depende, acima de tudo, dos pais, que terão que enfrentar com a máxima tranquilidade possível, e através do diálogo, os problemas do dia a dia, fazendo porém, com que a criança entenda que há limites e que as emoções não devem se tornar muito agressivas em sua expressão.

A raiva é uma emoção importante para as crianças. Especialmente quando são muito pequenas, faz parte do seu caminho de crescimento.

Em idade pré-escolar, a raiva deriva de sua incapacidade em expressar suas emoções, desejos e necessidades de forma completa, ou ainda é um sentimento de inadequação frente aos recorrentes pedidos que chegam do mundo exterior, a dificuldade em aceitar o seu próprio limite e em respeitar as regras impostas.

“Esta dimensão é parte integrante da primeira infância, como aprender a andar e a falar, mostra que a criança está se descobrindo. Os ataques de raiva as ajudam a superar a frustração. Elas nem sempre são capazes de reconhecer, descrever e expressar seus sentimentos, mas essa competência emocional é uma aprendizagem educacional muito importante. Dar um nome para as emoções, encontrar um espaço onde expressá-las é uma oportunidade valiosa para construir um EU saudável, capaz de negociar e melhorar a capacidade de permanecer em um grupo”, explicam duas educadoras Laura Beltrami e Rossana Bernardinello.

caixinha da raiva

Como ensinar as crianças a lidar com a raiva

Ensinar as crianças a reconhecerem a raiva é o primeiro passo que precisa ser feito com a ajuda dos pais e educadores. Posteriormente, essa emoção deve ser isolada e eliminada de forma consciente pela criança que, geralmente, não sabe explicar em palavras o que está sentindo.

caixinha da raiva

Para conseguir fazer com que a criança os escute, os pais e educadores podem fazer uso do pote da calma, um outro instrumento útil nas ocasiões em que a criança se sente chateada, nervosa e precisa se acalmar.

Uma outra maneira de tentar explicar às crianças o que a raiva significa, é ler livros infantis que tratem do tema. O objetivo é fazer com que a criança se torne o mestre de suas emoções, seja capaz de reconhecê-los e gerenciá-los.

PARA QUE SERVE A CAIXINHA DA RAIVA?

A caixinha da raiva pode ser considerada um ritual, um lugar de crescimento e descoberta através do jogo, da brincadeira. Isso pode ajudar a criança a liberar e a canalizar as energias, favorecendo a re-elaboração dos acontecimentos. A criança primeiro identifica a emoção, depois aprende a isolá-la e, literalmente, a coloca na caixa.

A cada vez que sentir raiva, o pai ou o educador deverá convidar a criança a colocar na caixa um desenho ou um objeto que possa lembrá-la da emoção que ela está experimentando naquele momento.

Mais tarde, quando a criança se acalmar, os pais e a criança deverão pegar os objetos, ou os desenhos, que as ajudarão a se lembrarem do que sentiram nas diferentes situações de raiva. Desta forma, a criança consegue materializar a raiva e gerenciá-la melhor, porque o sentimento se torna algo concreto.

A caixa oferece um lugar e uma hora para expressar aquele vulcão na barriga que raramente pode ser questionado após uma erupção, e ajuda a criança a ter consciência dos seus sentimentos.

Vejamos agora como fazer uma caixa da raiva com as próprias crianças:

COMO FAZER A CAIXINHA DA RAIVA EM CASA

Pegue uma caixa, uma cesta, uma bolsa pequena ou um recipiente qualquer.

Aqui vão alguns exemplos:

caixinha da raiva

Foto

caixinha da raiva

Foto

caixinha da raiva

Foto

caixinha da raiva

Foto

caixinha da raiva

Foto

Peça à criança para decorar a caixinha de acordo com seu próprio gosto, com cores, desenhos ou adesivos. Uma vez realizada, a caixinha deve ser colocada em um lugar visível da casa. Deixe a criança escolher o lugar para que ela possa pegá-la sozinha.

Assim que a criança ficar com raiva, os pais ou educadores podem lhe pedir para colocar a raiva dentro da caixa, como a criança bem quiser.

Depois, pede-se a criança de fechar a caixa, colocá-la em seu lugar e não pensar mais nela. Passada a raiva, quando a criança estiver mais calma, os pais e educadores poderão se comunicar com a criança ajudando-a a entender o motivo pelo qual ela tenha ficado com raiva.

O método pode ser útil também para os adultos. Colocar a raiva em uma caixa, ainda que metaforicamente, para pensar nela depois pode ajudar qualquer pessoa a dar-se um tempo e pensar depois no problema, em uma hora de maior lucidez, com menos sentimento negativo em cima. Vocês não acham? Vamos tentar?

greenMe.com.br é uma revista brasileira online, de informação e opinião Editada também na Itália como greenMe.it
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Instagram
Siga no Facebook