Férias escolares exigem cuidados com alimentação das crianças

criança

O período das férias escolares chega e na mesma velocidade mudam os hábitos das crianças. Com o excesso de tempo livre, as crianças muitas vezes acabam agravando maus hábitos alimentares que vão se acumulando, podendo causar diversos problemas de saúde como a obesidade.

Em entrevista para EBC (Empresa Brasil de Comunicação), a nutricionista Fabiana Nalon explica quais são os maiores gargalos e desafios que devem ser vencidos pelos pais, mães e cuidadores de crianças em geral nesta época.

Os hábitos durante as férias

Como não há necessidade de ir às aulas diariamente, os hábitos das crianças costumam mudar completamente durante as férias escolares. Nem sempre as férias são acompanhadas pelos cuidadores, portanto é comum que não haja nenhum controle sobre o que as crianças estão fazendo, ou como estão administrando o tempo livre. Como consequência, quase sempre acabam assistindo televisão o dia todo ou na frente do computador.

Para a nutricionista Nalon, “a criança precisa de horários e disponibilidade para brincar, correr, fazer atividades ao ar livre, nadar, andar de bicicleta e etc. Infelizmente, as vezes os pais não estão disponíveis para proporcionar isso para a criança”. Fabiana relata ainda que a opção das crianças por televisão ou computadores não é preferência, mas falta de ocasião e oportunidades para atividades mais saudáveis como as brincadeiras de antigamente, tais quais o pega-pega, esconde-esconde, pega-ladrão, etc.

“A criança ainda gosta dessas brincadeiras”, diz Fabiana. “Ela simplesmente não tem ocasião para brincar, pois o jogo eletrônico ele é muito sedutor e todo mundo participa. É mais fácil, pois pode usar em qualquer lugar e geralmente a criança fica jogando sem incomodar os pais” o que os faz pensar que as crianças estão bem.

Leia  também: CRIANÇAS BRINCAM LIVREMENTE CADA VEZ MENOS

Mas, como relata a nutricionista “a verdade é que a criança gosta de brincadeiras como pega-pega, correr e etc. Então se houver uma ocasião em que tenha alguém para orientar sem o eletrônico por perto, as crianças vão gostar de se divertir sim com todas as brincadeiras de antigamente que ainda podem ser divertidas até hoje”, completa ao exemplificar como os exercícios físicos podem ser apresentados às crianças por meio das brincadeiras que propõe movimentação.

Leia mais: BRINCADEIRAS DE RUA: VÍDEO VIRA HIT E FAZ PENSAR

Com relação à alimentação

Durante as férias a alimentação das crianças também piora, pois com o tempo livre podem ter mais oportunidades para se aproveitarem de alimentos fáceis como salgadinhos industriais. Mas, como explica a nutricionista, mesmo durante as férias a criança deve manter os cuidados do dia a dia referente a uma alimentação saudável.

criança alimentação

A nutricionista diz que “o que não pode acontecer é entender que só porque se está de férias a semana toda deve ser como se fosse uma festa, comendo desreguladamente sem nenhum controle. Tem que seguir uma rotina normal, saudável”. Fabiana orienta que as crianças (e também os adultos) comam ao menos 3 frutas por dia, salada todos os dias e que tenham horários para as refeições.

Leia mais: 5 RECEITAS VEGETARIANAS PARA AS CRIANÇAS COMEREM VERDURAS COM GOSTO

A indústria de alimentos é muito sedutora. Ela está preparada para captar o cliente. Então cabe aos pais, mães e cuidadores que orientem melhor as crianças a respeito da alimentação, principalmente fora de casa quando há a possibilidade de comer alimentos de fast-food, normalmente repletos de elementos industrializados nada saudáveis.

No geral, é importante que as atividades físicas sejam incentivadas, uma vez que o sedentarismo e a péssima alimentação podem trazer quadros graves, como a obesidade que podem originar sérias doenças do coração. Como recomenda a nutricionista, basta que haja uma orientação por parte dos pais e cuidadores para que as crianças brinquem e pratiquem atividades que mexam o corpo, tais como as brincadeiras que eram comuns antigamente.

Especialmente indicado para você:

BRINCADEIRAS DE CRIANÇA: IDEIAS DIVERTIDAS E GRATUITAS PARA AS FÉRIAS!

COMO O USO DE ELETRÔNICOS INTERFERE NO DESENVOLVIMENTO DAS CRIANÇAS?