Recorde de violência no Brasil: 7 pessoas mortas por hora

  • atualizado: 
violência no Brasil

Brasil registra o maior número de assassinatos da história em 2016: 7 pessoas foram mortas por hora no país.

Conforme o Anuário Brasileiro de Segurança Pública foram assassinadas no Brasil em 2016, um total de 61.619 pessoas, o que representa uma quantidade igual às vítimas da bomba atômica de Hiroshima, no Japão.

Esta quantidade assustadora supera ainda o número de vítimas nas guerras do Iraque e Síria, juntas.

Causa grande preocupação também os dados da Unicef no relatório Um rosto familiar, que aponta a morte de crianças e adolescentes no Brasil ter atingido um total de 59 homicídios para cada 100 mil jovens, correspondendo a 8 vezes a média de mortes no mundo, apuradas para esta faixa da população.

A Unicef aponta fatores como “desigualdades econômicas e sociais agudas, normas sociais e culturais que toleram a violência, falta de políticas e legislação adequadas, serviços insuficientes para as vítimas e investimentos limitados para prevenir e responder à violência”, como sérios agravantes da situação.

Utilizar estes dados para uma atuação efetiva sobre a situação crítica apontada é determinante para mudar esta realidade e permitir um verdadeiro desenvolvimento social e econômico para o País.

Todos nós sabemos que precisamos mudar este quadro. Urgentemente! 

Sobre o que fazer para ajudar, dentro do teu pequeno mundo em particular, a mudar este status quo, leia também: 

2 de Outubro: DIA INTERNACIONAL DA NÃO-VIOLÊNCIA