Carnaval sem imprevistos: confira as dicas antes de cair na folia

  • atualizado: 
carnaval

Muita gente "perde a linha" durante o Carnaval. É claro que o Carnaval é uma festa animada, mas é possível se divertir bastante sem passar por apertos ou constrangimentos, os quais podem fazer com que a festa perca a graça. Às vezes, um simples planejamento e algumas informações fazem toda a diferença para que tudo corra bem e que os imprevistos não aconteçam. E, caso aconteçam, você consiga lidar com eles de forma que não atrapalhem o seu feriado.

Para que tudo ocorra bem durante o Carnaval, sobretudo para quem vai viajar, vale a pena conferir as dicas a seguir.

Organizar uma lista com as tarefas e itens essenciais para que o feriado seja bem-sucedido, é o primeiro passo para que a folia comece bem.

1. Antes de cair na folia, alimente-se bem

Como diz o ditado, "saco vazio não para em pé". Ainda mais no carnaval, quando você precisa de muita energia. Para quem gosta de beber, alimentar-se bem garante que a "peteca não caia". Tem gente que bebe de estômago vazio e passa mal. Então, não esqueça de comer algo leve mas bastante nutritivo.

2. Documentos: vale a pena levar fotocópias

Faça uma cópia dos seus documentos pessoais e anote os números de telefones das operadoras de cartão de crédito e do banco, para que você possa ligar para eles em caso de perda ou roubo. É melhor levar dinheiro em espécie para os gastos do dia. Se for usar cartão, leve apenas um consigo.

E claro, não use nenhum tipo de joia nos blocos.

3. Roupas leves

Fantasia é legal, claro, faz parte da festa, mas improvise uma fantasia bem leve, porque o calor dentro da folia é demais!

Prefira usar bermudas, shorts, camisetas de cor clara, ou seja, algo leve e confortável. Se você usar fantasias, prefira aquelas feitas com tecidos mais leves e que não cubram muito o corpo.

4. Para quem vai curtir na avenida ou em lugares fechados que exigem ingresso, atenção ao processo de compra

Quando for comprar um ingresso pela internet, escolha empresas que informam todos os detalhes do negócio (descrição do traje, preço total, formas de pagamento, prazo, entrega, cobrança de frete) e os meios de contato, como telefone e endereço. Para se garantir, imprima a página da transação efetuada, aconselha uma matéria de O Globo.

5. Pressão baixa

Se alguém desmaiar, você sabe o que fazer? Deite a pessoa em um local fresco (se for possível encontrar algum no meio da muvuca), afrouxe as roupas e levante as pernas dela em altura acima da cabeça.

Leia mais: PRESSÃO BAIXA: DEVEMOS USAR SAL OU AÇÚCAR?

6. Viagem de ônibus

Se você for viajar de ônibus, saiba de algumas regras. Caso desista da viagem, ela deve ser comunicada em até três horas antes do embarque para ser feito o reembolso do valor da passagem. Caso o passageiro não compareça para embarcar ou não comunique a desistência, o direito ao reembolso é perdido, mas o bilhete pode ser remarcado por até um ano, contado a partir da data da viagem.

7. Viagem de avião, atraso e cancelamento de voos

Segundo O Globo, as companhias aéreas são obrigadas a informar o horário do voo. Em caso de atraso, o passageiro deve registrar os horários da passagem e do embarque em atraso e guardar todas as notas referentes às despesas tidas por causa da espera. Se for possível, faça o registro de depoimentos de testemunhas, com celular ou filmadoras, pois isso ajuda em um processo judicial, se for o caso. O consumidor deve procurar, também, o responsável pela aviação civil do aeroporto ou o balcão de embarque da companhia. As regras da ANAC estabelecem que, a partir de uma hora de atraso, a empresa aérea é obrigada a garantir acesso à internet e telefonemas aos clientes. A partir de duas horas, o passageiro pode exigir alimentação.

Se o caso for cancelamento de passagem, o consumidor pode receber o reembolso integral, incluindo a tarifa de embarque, e remarcar o voo para outra data e horário.

8. Use camisinha

Não apenas a Aids é prevenida com o uso da camisinha. Outras DSTs (doenças sexualmente transmissíveis) podem ser transmitidas, como herpes, sífilis, gonorreias sem a camisinha, além do risco de uma gravidez indesejada.

Use camisinha, para que o seu carnaval não seja uma má recordação no futuro.

Leia mais: CARNAVAL: NÃO SÓ HIV, HERPES, SÍFILIS, GRAVIDEZ INDESEJADA. USE CAMISINHA!

9. Cu de bêbado tem dono sim

“Cu de bêbado tem dono sim” é o título da monografia de uma estudante de Direito que chama bastante a atenção por si, mas o objetivo da aluna era chamar a atenção mesmo para o “estupro de vulnerável em caso de embriaguez feminina”.

De acordo com o Correio 24 Horas, no texto, a estudante mostrou exemplos de mulheres que foram abusadas sexualmente em estado de embriaguez.

Denuncie, se vir violações ou qualquer tipo de violência, e cuide-se. Não beba demais a ponto de perder a consciência.

10. Proteja-se do sol

Use protetor solar. Vale usar chapéu, boné, óculos escuros. Busque um cantinho na sombra para se refrescar.

11. Beba água

Mantenha-se bastante hidratado, sobretudo, se for consumir bebidas alcoólicas. Prefira água de coco e, lógico, água.

Especialmente indicado para você:

ÁGUA DE COCO: PAIXÃO NACIONAL DE 1001 BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE

MÁSCARA DE CARNAVAL: FAÇA VOCÊ MESMO RECICLANDO MATERIAIS

DESCANSO NO CARNAVAL: CONHEÇA 5 CACHOEIRAS PARA FUGIR DA FOLIA