O primeiro caso de coronavírus na Itália: casal chinês curado, doa US$ 40.000 para hospital em Roma

Eles foram os dois primeiros casos de coronavírus na Itália, imediatamente isolados e tratados no Spallanzani, hospital especializado em doenças infecciosas em Roma, no final de janeiro de 2020, quando a pandemia ainda parecia distante.

Os cônjuges chineses que tiveram alta do hospital em meados de março, quando a Itália então passava por um confinamento total, somente agora conseguiram retornar à China e, para agradecer o hospital romano que salvou suas vidas, fizeram uma doação de 40 mil dólares para serem usados em pesquisas para a cura da Covid-19.

O casal original de Wuhan, no dia da alta do hospital de San Filippo Neri, para o qual foram transferidos em 19 de março para reabilitação, expressou profunda gratidão a todos os médicos, profissionais de saúde e à toda a Itália: “Obrigado Itália, vocês nos salvaram!”. Depois de estarem completamente curados, finalmente puderem passar algum tempo visitando o país como turistas, com a abertura das fronteiras.

“A decisão de fazer uma doação ao Instituto Spallanzani é um ato de grande generosidade e gratidão. – disse o conselheiro de saúde da região do Lácio, Alessio D’Amato – Há um provérbio chinês que diz: ‘quem volta de uma viagem nunca é a mesma pessoa que partiu‘. Aqui está a jornada e a história do casal de Wuhan curado no Instituto Spallanzani, que é uma excelência do nosso sistema regional de saúde, reconhecido mundialmente e que foi o primeiro caso de positividade na Itália, permanecerá gravado em nossa memória. Então, quero lhes agradecer e os convidar para voltarem a Roma”.

#CORONAVIRUS: D’AMATO, ‘UN BEL GESTO DA PARTE DELLA COPPIA CINESE CURATA A SPALLANZANI’La scelta di fare una donazione…

Geplaatst door Salute Lazio op Donderdag 18 juni 2020

Emocionante!

Talvez te interesse ler também:

Coronavírus recorde: 183.000 novos casos nas últimas 24 hs. É o maior número de infecções em um único dia

Autoridade, desigualdade, vigilância, incerteza: o que nos espera depois da pandemia?

Vacina contra o coronavírus até o final do ano, pretende OMS

Sobre Redação GreenMe

Redação GreenMe
greenMe.com.br é um site de informação sobre meio ambiente e saúde, criado para levar ao grande público, a consciência de que um mundo melhor é possível, através de um comportamento respeitoso com todas as formas de vida.

Veja Também

Dia Internacional da Erradicação da Violência Contra a Mulher: tragédias a serem lembradas

Atos bárbaros e sanguinários movidos pelo ódio às mulheres motivaram o nascimento do Dia Internacional …