Filtro dos sonhos: como funciona e onde colocar

filtro-dos-sonhos

Com certeza você conhece os filtros dos sonhos - círculos trançados em uma teia, decorados com penas coloridas e sementes, que nós costumamos pendurar sobre nossas camas, na esperança de termos sonhos bons.

São lindos mas, mais linda ainda é a história que conta porque eles existem. Os filtros dos sonhos são originários de tribos indígenas da América do Norte, possivelmente, dos Lakotas e, segundo eles, servem para afastar os sonhos maus, ou as energias pesadas que podem entrar no seu quarto à noite, impedindo que estas caiam sobre a sua cabeça (as energias negativas, os pesadelos).

Como funciona um filtro dos sonhos?

Dizem os lakotas que eles funcionam assim: girando, à noite, no teto do seu quarto, vão capturando as energias negativas na teia tecida no centro do aro de salgueiro (originalmente, são feitos dos galhos desta árvore). As energias negativas ficam presas na teia e, quando o sol bate, de manhã, se desintegram.

As energias positivas, que originam os bons sonhos, passam pelo centro da teia, que tem um buraco, uma pedra, uma semente, e escorrem pelas penas, suavemente, até entrarem na sua cabeça adormecida. E aí nascem os bons sonhos.

Onde colocar o filtro dos sonhos?

Você deve colocar o filtro dos sonhos sobre a sua cama, na direção da cabeceira e, de maneira que possa tomar o sol pela manhã.

apanhador-sonhos

Uma estória sobre os filtros dos sonhos explica de onde eles vieram e porquê

“Há muito tempo, quando a palavra era de som, um líder velho espiritual Lakota estava em um monte alto e teve uma visão. Em sua visão, Iktomi, o grande enganador e pesquisador da sabedoria, apareceu na forma de uma aranha. Iktomi falou com ele em uma língua sagrada. Enquanto Iktomi falava, como aranha ele pegou um galho velho de salgueiro, fez um círculo e começou a tecer uma teia no seu interior. Na teia pendurou penas, crina de cavalo, sementes e outras oferendas. Ele falou com a pessoa idosa sobre os ciclos de vida, como começamos nossas vidas como crianças, passamos ao longo da infância e chegamos à idade adulta. Finalmente vamos para a terceira idade em que deve ser tomado cuidado pois estamos completando o ciclo.

Mas, Iktomi disse, enquanto continuava a tecer sua teia que, em cada momento da vida há muitas forças, algumas boas e outras ruins. Se você ouvir as forças boas, eles vão orientá-lo na direção certa. Mas, se você ouvir as forças ruins, elas vão orientá-lo na direção errada e você poderá se machucar. Então, essas forças podem ajudar, ou pode interferir com a harmonia da natureza. E continuou a continuou a tecer a sua teia.

Quando Iktomi terminou de falar, ele deu o círculo de salgueiro com a teia tecida ao ancião Lakota e disse: A teia é um círculo perfeito com um buraco no centro. Use esta teia para ajudar seu povo a alcançar seus objetivos, fazendo bom uso de suas idéias, sonhos e visões. Se você acredita no grande espírito, a teia irá filtrar suas boas idéias e as más idéias ficarão presas nela.

O ancião transmitiu esta sua visão ao seu povo e, agora muitas pessoas indígenas têm um apanhador de sonhos sobre a sua cama para peneirar seus sonhos e visões. As boas vão passar através do orifício central para a pessoa dormir. As más serão capturadas pela teia e perecerão na luz do sol da manhã. Diz-se que o apanhador de sonhos tem o destino do futuro”. (Estória contada aqui)

Se você gostou dessa estória, e acredita nas forças naturais do universo, você pode fazer seu próprio filtro dos sonhos. Escolha o modelo que mais te agradar mas, o mais importante é que você o faça concentrado em suas boas energias e na confiança de que este objeto mágico te ajudará a se orientar melhor na vida.

Especialmente indicado para você:

seta10 DICAS ÚTEIS PARA SE LEMBRAR DOS SONHOS

setaOS 10 SONHOS MAIS COMUNS E SEUS SIGNIFICADOS

setaSONHOS: 9 INFORMAÇÕES INTERESSANTES QUE DESCONHECEMOS SOBRE ELES

setaREALIZAR UM SONHO? CROWDWISH PROMETE